Brincar estimula a inovação

Por: Redação

O brincar vai além de uma atividade lúdica e cotidiana. É parte fundamental do desenvolvimento de uma vida saudável, criativa e bem resolvida. Brincar faz bem e desenvolve habilidades como atenção, concentração, autoestima, empatia e até a inovação. Especialistas concordam sobre os inúmeros benefícios da brincadeira espontânea e são unânimes em preocupar-se com o pouco tempo que pais dedicam a essa atividade tão importante na vida dos filhos.

Já que estamos na semana de dia das mães, vale a provocação: e você, brinca com seu filho?

Você brinca com seus filhos?
Você brinca com seus filhos?

Para ajudá-la a organizar esse tempo de brincadeiras com seu filho e equilibrar o brincar com as outras tarefas do dia a dia, uma ajudinha sempre faz bem (e até para dar um chega pra lá na culpa materna, né?). A psicóloga e musicoterapeuta Simone Presotti desenvolveu o curso Brincadeiras educativas para pais e cuidadores, em que ensina brincadeiras para bebês, brincadeiras divertidas de “bumbum no chão”, para acalmar os pequenos, e como o lúdico pode auxiliar no cuidado da criança.

No curso, a psicóloga demonstra quais são os pontos importantes sobre o desenvolvimento emocional das crianças que podem ser trabalhados a partir do brincar: egocentrismo, formação do simbólico, atenção compartilhada e rivalidade entre irmãos. Você assiste a esse curso na eduK, plataforma de cursos on-line, gratuitamente hoje, 5, amanhã, 6, e sábado, dia 7 de maio, das 19h às 21h. Brinque mais com seus filhos!

Crianças que brincam se tornam adultos saudáveis
Crianças que brincam se tornam adultos saudáveis

Compartilhe: