Campanha quer levar testes de covid-19 para favelas de SP e Rio

A meta é testar 10 mil pessoas na primeira fase da ação, que vai acontecer em oito favelas

Por: Redação

O projeto social Bora Testar lançou uma campanha para levar testes de covid-19 a comunidades vulneráveis de diversas partes do país.

O objetivo da ação é ajudar a preservar a saúde dessa população, além de gerar dados que traduzam melhor a realidade desses locais, que são os mais afetados pelo novo coronavírus.

covid-19
Crédito: REUTERS / Lindsey WassonA meta é realizar 10 mil testes de covid-19 em moradores de de oito favelas

A primeira etapa da ação vai começar por favelas de São Paulo e Rio de Janeiro. A meta é testar cerca de 10 mil pessoas em um mês.

No Rio, serão atendidas as comunidades da Rocinha, Vila Kenedy, Complexo do Alemão e Complexo da Maré. Em São Paulo, o projeto será feito nos bairros de Brasilândia, Paraisópolis, Heliópolis e Cidade Tiradentes.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


“Queremos ajudar a transformar essas realidades por meio de testes de temperatura e de diagnóstico rápido de coronavírus, assim fica mais fácil e rápida a detecção da doença e, como consequência, seu controle”, explica Amber Johnston, proprietária da Alchemy, uma das empresas criadoras da ação, ao lado da Outdoor Social e da Latam Intersect PR.

Para contribuir com a campanha, com qualquer valor a partir de R$ 10, basta acessar a plataforma de arrecadação: https://boratestar.esolidar.com/pt/crowdfunding/detail/48-bora-testar-covid .

“O coronavírus escancara a desigualdade social. Favelas e periferias concentram a maior taxa de mortalidade por covid-19. Isso precisa parar“, afirma Emília Rabello, fundadora da Outdoor Social.

Compartilhe: