Hospital em SP promove ‘abraço virtual’ para arrecadar recursos

Por causa da covid-19, o tradicional abraço de funcionários e voluntários do ITACI será de forma virtual

Por: Redação

Com a atenção toda voltada na arrecadação de alimentos e outros insumos por conta do novo coronavírus, como ficam os pacientes atendidos por entidades e hospitais como ITACI, GRAAC e hospital do Amor, que dependem de eventos como bingo, jantares e bazares para continuarem salvando vidas?

Esses eventos são fundamentais para a realização de exames e a compra medicamentos complementares que os pacientes não tem como pagar.

Crédito: Divulgação Por causa da covid-19, o tradicional abraço de funcionários e voluntários do ITACI será de forma virtual

Para se ter uma ideia, um único medicamento de dose única pode custar até R$ 50 mil.

Tradicionais eventos do ITACI como Jantar Beneficente, que já tem 13 anos; e Noite Musical com Samuel Rosa, foram responsáveis por arrecadar mais de R$ 500 mil em 2019.

O fato é que com o avanço do coronavírus os eventos foram cancelados e as doações diminuíram. Foi aí que o hospital ITACI começou a repensar suas ações para continuar recebendo ajuda.

Mas como fazer isso no meio da pandemia, sem o contato físico, sem o olho no olho e sem o abraço, um gesto tão presente no dia a dia do hospital? Um desafio que ganhou escopo digital e que terá start com um tradicional evento, o Dia do Abraço ITACI, que acontece no próximo dia 22 de maio.

É a primeira iniciativa reformulada que passa a ter mais um propósito: estimular as pessoas a “abraçarem” virtualmente o ITACI por meio da plataforma de engajamento social Gooders, seja financeiramente ou ajudando a conscientizar mais pessoas sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infantil.

O ITACI vem transformando os voluntários que abraçam a causa e compartilham o conteúdo do Dia do Abraço ITACI em suas redes sociais em ‘influenciadores do bem’.

Engajamento do bem

Também trouxe mais uma inovação: a parceria com um programa de recompensas que oferece benefícios para quem faz boas ações: a Gooders.

Como em qualquer outro programa de fidelidade, os pontos transformam-se em recompensas. Ou seja, quem participa de mais ações sociais, acumula mais e os pontos Gooders podem ser trocados por cupons de descontos em produtos e experiências exclusivas, oferecidas por mais de 60 parceiros de e-commerce de âmbito nacional.

É possível participar de duas formas: compartilhando o link a partir da plataforma Gooders nas redes sociais e abraçando a causa do ITACI por meio de uma doação financeira para a entidade. Cada R$ 1 doado vira um ponto Gooders.

A iniciativa pretende arrecadar R$ 200 mil, que serão revertidos para tratamentos individualizados, com mais oportunidades de exames e medicações complementares.

Compartilhe: