Número de acessos a tratamentos contra HIV dobra, diz ONU

Por: Redação

A Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS) divulgou na semana passada um relatório que destaca os avanços nos últimos anos do combate à Aids até 2030, uma das Metas de Desenvolvimento Sustentável estabelecidas pela instituição.

De acordo com a Unaids, as últimas estimativas indicam que até junho deste ano 15,8 milhões de pessoas em todo mundo tinham acesso a terapias antirretrovirais, mais do dobro das 7,5 milhões registradas em 2010 e sete vezes as 2,2 milhões atendidas em 2005.

Divulgação
De acordo com a Unaids, as últimas estimativas indicam que até junho deste ano 15,8 milhões de pessoas em todo mundo tinham acesso a terapias antirretrovirais,

A instituição também estima que, até o fim de 2014, o número de novas infecções pelo HIV caiu 35% desde 2000, enquanto as mortes relacionadas à doença recuaram 42% do auge observado em 2004.

Para mudar o quadro e dobrar o número de pessoas contaminadas que recebem antirretrovirais até 2020, a Unaids aposta em um uma estratégia chamada de 90-90-90.

Isto significa dizer que pelo menos 90% das pessoas vivendo com o HIV, ao menos 90% destas tenham acesso ao tratamento e, em razão, disso, 90% delas tenham sua carga viral praticamente suprimida.

Compartilhe: