Paulistano pode escolher locais para ter wi-fi gratuito

Por: Redação

Os paulistanos têm até 4 de janeiro para participar da consulta pública para expansão do WiFi Livre SP, programa que visa tornar a internet banda larga acessível em locais públicos de grande circulação de pessoas na cidade.

O programa WiFi Livre SP atualmente está disponível em 120 pontos na cidade
O programa WiFi Livre SP atualmente está disponível em 120 pontos na cidade

plataforma permite o envio de propostas para as cinco regiões da cidade. Nela também é possível apoiar as já enviadas – há um botão de “curtir”, como o do Facebook, além de um ícone para compartilhamento.

Até o momento, segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, o Parque do Carmo é o campeão na consulta pública, seguido de praça Dr. José Oriá, Largo da Batata, Parque Rodrigo de Gaspari e praça Carlos Alberto Figueira Leitão.

Pode-se também fazer sugestões de intervenções, com participação via formulário no qual é possível emitir opiniões sobre mobiliário urbano, espaço para recarga de celular e locais para recreação.

Atualmente, os 120 pontos existentes estão distribuídos da seguinte forma: 23 na região central, 18 na norte, 36 na leste, 28 na sul e 15 na oeste.

O projeto, inaugurado em janeiro de 2014, oferece conexões gratuitas, sem a necessidade de cadastro, com velocidades individuais de 512 kbit/s, suficiente para assistir vídeos, baixar arquivos e navegar pela internet.

Por QSocial

Compartilhe: