Cheio de experimentações, “Sinfonia de Jards” chega ao Sesc Santo Amaro

Projeto multimidiático de Jards Macalé é acompanhado de bate-papo e workshops

Por: Redação | Comunicar erro

Dentre as inúmeras possibilidades que as novas tecnologias proporcionam ao campo das artes, uma das mais interessantes é a de tornar concertos audivisuais mais estimulantes e provocativos para o público.

Absorvendo os meios para tornar essa possibilidade real, o cantor, ator e compositor Jards Macalé  idealizou o espetáculo multimidiático “Sinfonia de Jards”, que será apresentado nesta semana no Sesc Santo Amaro.

No palco, o artista combina ferramentas de internet, música, cinema, teatro e performances com diversos projetores audiovisuais, em processos de interação real e ao vivo, com os convidados e o público.

O espetáculo conta com diversas participações especias, entre elas a do guitarrista Lanny Gordin, do criador e construtor de instrumentos sonoros Roberto Michelino e do músico e artista plástico Daniel Scandurra.

“Sinfonia de Jards” será apresentando nos dias 29, 30 e 31 de março, sempre às 19h,  com entrada no valor de até R$ 12.

Acompanhando a série de apresentações, a unidade do Sesc promove também uma programação especial composta de bate-papo e wokshops, envolvendo arte e tecnologia, com entrada totalmente Catraca Livre. Os detalhes você confere abaixo:

Jardsmetak

Dia 29/03

Das 14h às 17h

A banda Jardsmetak desenvolverá processos de improvisação livre em conjunto com processos do Mosaicages, painéis de vídeos do YouTube, em forma de mosaico, livres para serem manipulados. Utilizando os Mosaicages como instrumento, o público será convidado a participar e interagir com músicos ao vivo, mostrando possibilidades de criação entre materiais tecnológico e humano, virtual e atual.

Entrada Catraca Livre

Cinemapas

Dia 30/03

Das 14h30 às 17h30

O objetivo da oficina é desenvolver três diferentes problemáticas:
1) Pré- cinemas: O cinema antes do cinema: sua relação vital com o ícone;
2) Kinemas: o olho interminável – cineastas que lançaram os dados para o futuro (Einsenstein, Godard, Paradjanov, Pasolini, Kluge, Sganzerla e etc..)
3) Cinemapa(s): A atual relação do cinema com outras mídias (internet, poesia e etc.) abre a possibilidade do desenvolvimento de um cinema sincrônico (passado, presente e futuro juntos), permitindo assim uma participação mais ativa do público – o público montador.

Entrada Catraca Livre

Bate-papo

Dia 31/03

Das 15h às 16h30

Os diretores conversam com o público, contando o processo de produção do espetáculo, desde sua concepção até os últimos desdobramentos. Colocam em pauta as implicações teóricas das novas buscas no processo criativo, incorporando novas tecnologias e trilhando percursos interdisciplinares.

Entrada Catraca Livre

Compartilhe:

1 / 0