Cinemateca faz homenagem ao cineasta Roberto Farias

Mostra reúne 16 filmes dirigidos pelo realizador

Por: Redação | Comunicar erro
Tags: #Cinemateca
“Pra Frente Brasil” integra a programação

Apresentando uma retrospectiva da obra do cineasta, a Cinemateca Brasileira apresenta “Os Múltiplos Lugares de Roberto Farias”, que fica em cartaz até o dia 18 de outubro, com entrada até R$8.

Com curadoria dos pesquisadores João Luiz Vieira e Tunico Amancio, a homenagem reúne 16 filmes dirigidos pelo realizador, que em 2012, completou seus 80 anos.

A mostra ainda apresenta a trilogia pop estrelada por Roberto Carlos, o contundente “Pra frente Brasil” (1982), a rara comédia erótica “Os paqueras” (1969) e o policial inspirado na obra de Plínio Marcos, “Barra pesada (1977)”. Veja a programação completa aqui.

Confira alguns destaques selecionados pelo Catraca Livre:

Roberto

Roberto Carlos e o diamante cor de rosa (Rio de Janeiro, 1968, cor, 94’, dir.: Roberto Farias)

Os astros Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa fazem uma excursão até o Japão. Lá chegando, Wandeca adquire uma misteriosa estatueta que põe no encalço dos três uma quadrilha de bandidos. Para se livrar dela, o trio conta com a ajuda de um samurai.

O

O assalto ao trem pagador (Rio de Janeiro, 1962, pb, 103’, dir.: Roberto Farias)

Quadrilha de favelados, comandada por Tião Medonho, assalta o trem pagador da Estrada de Ferro Central do Brasil. O sucesso do filme, que conta com a participação de Grande Otelo, consolida a carreira de Roberto Farias dentro do cinema brasileiro dos anos 1960.

Cidade

Cidade ameaçada (São Paulo, 1960, pb, 105’, dir.: Roberto Farias]

Baseado em fatos reais, mostra a ascensão e queda do bandido Promessinha, terror da periferia de São Paulo. O filme narra sua história, suas proezas e crueldades, até seu assassinato pela polícia. Primeira incursão de Roberto Farias na direção de um filme policial.

Compartilhe: