Como pensar a sustentabilidade de forma gráfica? Este é desafio enfrentado pelo designer gráfico brasileiro, Felipe Taborda, criador do projeto Glob-all Mix, que traz para o Rio, em parceria com O Globo, o encontro internacional “Desafio Global, Transformação Local”. O evento acontece no dia 6 de dezembro, às 19h, no Auditório da Universidade Santa Úrsula (USU). A entrada é Catraca Livre.

O Projeto Glob-all Mix - 30 Cartazes para um Mundo Sustentável, criado por Felipe, nasceu do desafio de pensar a sustentabilidade de forma gráfica. Esta ideia deu origem a uma exposição global com 30 cartazes realizados por designers de 26 países. “Desafio Global, Transformação Local” tem como objetivo aprofundar a relação de como o design tem sido um agente de transformação para realidades locais.

Para o debate, artistas gráficos do Brasil e quatro outros países apresentam cases reais sobre o assunto. Estarão presentes o diretor do IED Rio, Fábio Palma; o Reitor da Universidade Santa Úrsula, Paulo Alcântara; os designers brasileiros Felipe Taborda e Barbara Szaniecki e os estrangeiros Gitte Kath (Dinamarca), Fang Chen (China), Saki Mafundikwa (Zimbábue) e Diego Bermúdez (Colômbia).

Confira abaixo a programação completa do evento:

19h – Abertura: Fabio Palma (Diretor IED Rio)

Paulo Alcântara (Reitor da Universidade Santa Úrsula)

19h05 – “O Legado do Projeto Glob-All Mix”, com Felipe Taborda

19h15 – “O Design Como Agente de Mudanças”, com Gitte Kath (Dinamarca), Fang Chen (China), Saki Mafundikwa (Zimbábue), Diego Bermúdez (Colômbia) e Barbara Szaniecki (Brasil)

20h30 – “Movimento Rio Eu Amo, Eu Cuido” - Exemplo de engajamento para a transformação

20h45 – “A Transformação do Paradigma Atual: um Desafio Necessário”

21h – Debate com perguntas do público

22h – Encerramento

Desafio Global, Transformação Local

06 Dez
USU - Universidade Santa Úrsula
Praça Bariloche, 75 Botafogo - Sul Rio de Janeiro - RJ (21) 2553-9681
Catraca Livre