O Fuso Coletivo, formado pelos artistas Artur Kjá e Luciano Cian, abre ao público a exposição “Eu quero uma pessoa de estimação”, na Galeria Cela e na Galeria Virtual do Centro Cultural Justiça Federal. A mostra, em exibição de 19 de dezembro a 03 de fevereiro de 2013, de terça a domingo, das 12h às 19h, tem curadoria de Marco Antonio Teobaldo.

“Eu quero uma pessoa de estimação” aborda questões relacionadas às novas formas de amar e de se relacionar, que proliferam na rede, em aplicativos e gadgets, criando uma falsa percepção de que a solidão não existe mais.

A exposição apresenta seres humanos em condição de cativeiro. Artur Kjá e Luciano Cian exploram, por meio de instalações em objetos, fotografia e vídeo, diversas formas de relação entre as pessoas e os novos valores que surgem a partir dessa interação.

Divulgação

Créditos: Divulgação

Na mostra, pessoas são apresentadas em condição de cativeiro

A entrada da galeria  virtual, o coletivo apresenta uma instalação com monitores em LCD, com as palavras “EU”, ao lado esquerdo, e “VC”, ao lado direito. Na área central da parede, um monitor mostra verbos, dando sentido ao período formado com os dois sujeitos.

Divulgação

Créditos: Divulgação

Artur Kjá e Luciano Cian exploram diversas formas de relação entre as pessoas

Eu quero uma pessoa de estimação

19 Dez
e
03 Fev

  • de 19/12 a 03/02
    • Terças, Quartas, Quintas, Sextas, Sábados e Domingos das 12:00 às 19:00

Centro Cultural Justiça Federal
Avenida Rio Branco, 241 Centro - Centro Rio de Janeiro - RJ (21) 3261-2550
Estação Cinelândia
Catraca Livre