Museu do Amanhã inaugura uma exposição sobre um dos capítulos mais sombrios da história da humanidade. “Holocausto - Trevas e Luz” traz uma reflexão sobre a convivência humana e o respeito às diferenças, tomando por base a perseguição e morte de cerca de 6 milhões de pessoas, a maioria judia, pelo comando do nazista Adolf Hitler.

A mostra fica em cartaz de 26 de julho até 15 outubro, com visitação de terça a domingo, das 10h às 18h. A entrada pode ser feita até às 17h e os ingressos custam até R$ 20. Às terças, a entrada é Catraca Livre.

Créditos: Gabriela Rassy

Mostra sobre o Holocausto chega ao Museu do Amanhã

“Holocausto - Trevas e Luz” reúne peças de época, imagens, cenários e mensagens e está dividida em três módulos. No primeiro, o visitante é convidado a refletir sobre a tragédia, por meio de uma cenografia temática, reproduzindo desde uma típica câmara de gás dos campos de concentração, a fotos de época marcantes e frases de impacto.

O segundo módulo homenageia os ‘Justos entre as nações’, nome dado àqueles que correram riscos para salvar judeus perseguidos durante a Segunda Guerra Mundial. Por fim, com a exibição de trabalhos e redações feitos por alunos de escolas públicas sobre o tema, o Museu do Amanhã estimula a reflexão sobre a importância de se lembrar e revisitar o Holocausto, para evitar que se repita.

1/4

Crédito da imagem: Guilerme Leporace

Fotos, imagens e cenografias recriam uma das maiores tragédias da humanidade

2/4

Crédito da imagem: Guilerme Leporace

Depoimentos e histórias para que nada assim se repita

3/4

Crédito da imagem: Guilerme Leporace

Os três módulos estão expostos na Galeria do Tempo

4/4

Crédito da imagem: Guilerme Leporace

Uniforme de Hercz Rosenberg

  • Crédito da imagem: Guilerme Leporace

    1/4

    Fotos, imagens e cenografias recriam uma das maiores tragédias da humanidade

  • Crédito da imagem: Guilerme Leporace

    2/4

    Depoimentos e histórias para que nada assim se repita

  • Crédito da imagem: Guilerme Leporace

    3/4

    Os três módulos estão expostos na Galeria do Tempo

  • Crédito da imagem: Guilerme Leporace

    4/4

    Uniforme de Hercz Rosenberg

Entre os destaques da mostra está um uniforme utilizado em um campo de concentração, cedido pelo Museu Judaico do Rio de Janeiro. A peça pertenceu a Hercz Rosenberg, que veio para o Brasil após a Segunda Guerra. Estão expostas ainda obras de arte produzidas pela premiada artista plástica Fayga Ostrower, radicada no Rio de Janeiro, e trechos de depoimentos de sobreviventes do Holocausto coletados pela Fundação Shoah, criada pelo cineasta Steven Spielberg.

Arte e tecnologia se unem em mostra hi-tech no Museu do Amanhã

Holocausto - Trevas e Luz

26 Jul
a
15 Out

De 26/07 a 15/10:   Terças,  Quartas,  Quintas,  Sextas,  Sábados e  Domingos das 10:00 às 18:00

Museu do Amanhã
Praça Mauá, 1 Centro Rio de Janeiro - RJ (21) 3812-1812
R$ 20 inteira e R$ 10 meia-entrada
Entrada até às 17h