Divulgação

Créditos: Divulgação

Rubem braga completaria 100 anos no dia 12 de janeiro

Nesta sexta-feira, 11, a partir das 19h, o Instituto Moreira Salles (IMS-RJ) realiza o evento “Assim canta o sabiá” em comemoração ao centenário de Rubem Braga, que completaria 100 anos no dia 12 de janeiro. Na ocasião, a escritora Ana Maria Machado dá um depoimento aberto ao público, às 20h, sobre vida e obra do cronista.

A coordenadora do acervo de literatura do IMS, Elvia Bezerra, completa a homenagem a Rubem Braga com o texto “Bom mesmo é vadiar: Rubem Braga no arquivo Otto Lara Resende”, publicado no blog do IMS. No texto, Elvia conta um pouco sobre a intensa troca de cartas entre os dois escritores, que foram grandes amigos.

Além disso, a Rádio Batuta também participa da comemoração colocando no ar a leitura, feita por Elvia Bezerra, de duas crônicas de Rubem Braga: “Homem no mar”, de janeiro de 1953, incluída na coletânea “A cidade e a roça”, e “Faço questão do córrego”, incluída em “As boas coisas da vida”. O Instituto Moreira Salles lançou, em 2011, uma edição dos Cadernos de Literatura Brasileira dedicada a Rubem Braga.

Rubem Braga nasceu em Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo. É considerado o principal nome da crônica brasileira. Aos 15 anos, “o velho Braga”, como se autorreferia, teve seus primeiros textos publicados no jornal Correio do Sul, de Cachoeiro. Trabalhou em diversos veículos brasileiros como Estado de Minas, Diário Carioca, O Globo e O Estado de S. Paulo.

Assim canta o sabiá - Homenagem ao centenário de Rubem Braga

11 Jan
Instituto Moreira Salles Rio de Janeiro
Rua Marquês de São Vicente, 476 Gávea - Sul Rio de Janeiro - RJ (21) 3284-7400
Catraca Livre
*Senhas serão distribuídas uma hora antes do início do evento.