Quem quiser conferir inteiros os 1500 objetos que fazem parte da obra "O globo da morte de tudo", de Nuno Ramos, tem até o dia 15 de

divulgacao

Créditos: divulgacao

Os objetos das prateleiras só permanecem nelas até meados de dezembro

dezembro para fazê-lo, na Galeria Anita Schwartz. Depois disso, os dois globos da morte que estão ligados às prateleiras onde estão os objetos farão tudo vir abaixo.

Fragilmente equilibrados sobre as prateleiras, os objetos - uma infinidade deles, simples ou luxuosos - foram doados por amigos ou adquiridos pelos artistas nos últimos seis meses e são uma espécie de inventário do mundo cotidiano. Por enquanto, estão lá, inteiros. Mas todos cairão quando as motos que estão dentro do globo girarem.

O público não terá acesso à performance, que vai durar 3 minutos e será filmada. Depois, a galeria será reaberta e o vídeo da queda dos objetos também será exibido no espaço.

O Globo da Morte de Tudo

13 Out
a
15 Dez

  • de 13/10 a 15/12
    • Sábados das 12:00 às 18:00
  • de 29/11 a 15/12
    • Segundas, Terças, Quartas, Quintas e Sextas das 10:00 às 20:00

Anita Schwartz Galeria de Arte
Rua José Roberto Macedo Soares, 30 Gávea - Sul Rio de Janeiro - RJ (21) 2540 6446 e 2274 3873
Catraca Livre