@yurivianna7

Créditos: @yurivianna7

Cachoeira do Chuveiro , no Horto

Antes de mais nada, uma confissão: até semana passada, eu nunca tinha ido! Cachoeira do Horto era apenas um mito que residia no meu imaginário mais remoto. Via fotos de pessoas nas quedas d'água com legenda "alma renovada" e sentia que tinha uma dívida comigo mesmo e com meus leitores. Pois bem. Lá fui eu "renovar a alma". Feliz, contente e... desavisada. Vou contar todos os erros e acertos que cometi, para que a experiência de vocês seja a melhor possível.

1) A Cachoeira do Horto fica no Parque da Tijuca. O acesso é simples. De carro, siga pela Rua Pacheco Leão (Jardim Botânico) até a placa Horto, vire à direita e continue subindo, sempre em paralelo ao parque Jardim Botânico. O começo da trilha está a cerca de 500m da guarita do Parque Nacional da Tijuca. A Pé, você deve saltar no ponto final do ônibus 409 e seguir andando pelo asfalto até a entrada da trilha. Será uma caminhada de uns 20 min.

2) Desavisada e parecendo uma turista, fui pra lá de havaianas achando que era um look despojado e apropriado e que "Ah, me deixa em paz, sou carioca e só uso chinelo". NÃO façam isso. Para chegar até a cachoeira, vocês terão de fazer uma mini trilha - e os chinelos escorregam muito nas pedras! Usem TÊNIS. A trilha é íngreme, mas tranquila e bem sinalizada. Em 20 minutos para chegar até a cachu. No caminho, vocês encontram miquinhos, pássaros e jacas. É lindo.

3) Se puder evitar o domingo, evite. A trilha fica consideravelmente mais cheia e tem fila até pra queda d'água da cachu - prejudicando o click para o insta! rs

Melhor opção é ir sexta-feira, durante a semana ou bem cedinho no fim de semana.

4) São váárias cachus no Parque, mas a mais famosinha é a "Cachoeira do Chuveiro".

5) Voltei com joelho ralado, chinelo arrebentado e uma coletânea de histórias engraçadas para posteridade.

Quer saber o que fazer no Rio? Carioque-se no @cariocandonorio.

Imagem Autor

Formada em Direito Penal, leitora voraz e carioca praticante. Ser carioca não é apenas nascer no Rio, é pertencer ao Rio. Sempre tive uma sensação muito grande de que o Rio era a minha casa. Desde bem pequena, sentia imensa satisfação em mergulhar na praia de Ipanema, tomar água de côco e ver o pôr-do-sol acomodada nas pedras do arpoador. Sou carioca de fato e de coração e quero transmitir todo o meu conhecimento de Rio para vocês. Pelo Cariocando, consegui unir duas paixões: A escrita e o Rio de Janeiro. Conto um pouco sobre os meus programas favoritos e tudo o que me faz feliz em terras cariocas. Mais do que um prazer, essa é uma forma que encontrei de me inserir no mundo. Me segue no "inxta": @cariocandonorio. Face: Nicole Casares. Mais sobre mim? Gosto de churrasco. E de brigadeiro. Não gosto de chuva, como todo bom carioca. Queria morar em um mundo no qual chinelos, vestidinhos e shorts fossem aceitos como roupa social! Não tenho guarda-roupa de inverno e 18 graus pra mim é motivo de fondue na casa dos amigos. Adoro biscoito globo doce. Sou apaixonada pela praia do arpoador e acredito que não existem curvas mais bonitas do que as do calçadão.

+ posts do autor

Cachoeira do Horto

01 Nov
a
31 Jul

  • diariamente de 01/11 (Dom) a 31/07 (Seg)
    • às 00:00

Parque Nacional da Tijuca
Estrada da Cascatinha, 850 Alto da Boa Vista Rio de Janeiro - RJ (21) 2491-1700
Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.