Quinta é dia de que? CINEMA! Em prol da arte independente e acessível, o V Cine Curtas Lapa invade as quintas-feiras calorosas do charmoso La Esquina com exibições de filmes produzidos no Rio, a fim de fomentar o audiovisual regional. Em uma soma de 33 filmes, divididos em cinco sessões, os cariocas podem curtir um rolézinho cult sem pagar nada - os ingressos são Catraca Livre e as sessões acontecem sempre às 19h.

Além de criações cariocas, filmes originários do México, Eslováquia, Alemanha, Islândia também estão presentes no rolé.

Tudo isso no gracioso teatro bar La Esquina

Créditos: La Esquina

Tudo isso no gracioso teatro bar La Esquina

Na mostra rolam as sessões: Sessão Lapa Animada; Sessão Lapa Docs.; Sessão Lapa Boêmia (Curtas Nacionais), Sessão Seu Zé (Curtas Internacionais) e Sessão Madame Satã (Curtas Cariocas) a mais menina dos olhos do Festival.

Prêmios como Melhor Curta- metragem Carioca,  Melhor Curta Nacional, Melhor Curta Estrangeiro, Melhor Animação e Melhor Documentário serão escolhidos através do Voto Popular - a premiação rola no dia 17 de novembro.

Arianas, Hylnara Anny Vidal Oliveira – 15’. Pernambuco. 2014
Um crime, na vida de duas meninas mulheres, mulheres em construção, na imensidão da vida.

Assim Como o Sol Se Põe, de Dorival Martins Jr – 5’ 11”. São Paulo. 2016
Assim Como O Sol Se Põe conta a história de um adolescente depressivo. No auge de sua depressão e sofrendo as dores emocionais o rapaz opta pela ultima alternativa, o suicídio. Contando os fatos de maneira poética o curta-metragem mostra um pouco do que passa, e pensa, um adolescente nesse lamentável estado emocional.

O Céu Sobre Os Teus Ombros, de Luiz Maximiano – 15’. São Paulo. 2015
Uma série de estranhos eventos se passa enquanto homem dirige seu carro por uma estrada isolada.

Coração pela Boca, de Bruno Autran – 13’. São Paulo. 2016
ESTÔMAGO. PULMÃO. PELE. FÍGADO. BOCA. CORAÇÃO. O CORAÇÃO PELA BOCA. UMA MONTANHA RUSSA. QUASE QUE ALCANÇAR O CÉU E DESPENCAR DE LA DE CIMA. APAIXONAR. ADOECER.

Véspera, de Rodrigo Souza e Ana Lucia Pitta – 18’. Minas Gerais. 2015
Silvia e seu apartamento vivem uma simbiose antiga e irrevogável. Ambos se preparam para um dia importante.

Clareando, de José Boita – 16’. Santa Catarina. 2014
Clara passa a receber intrigantes mensagens anônimas.

My Awesome Sonorous Life / Minha Impressionante Vida Sonora, de Giordano Torreggiani –
7’. Itália. 2016
Lorenzo é um engenheiro sênior, para a vida coletou sons de todos os tipos. Durante anos, está à procura de um último som para completar sua coleção, ele encontrou vários, mas nenhum que é bom, até que uma noite encontra o que procura.

Lost Village / Vila Perdida, de Giorgi Todria – 15’. Espanha/Geórgia. 2015
Uma luta entre o futuro e o passado.

A CŒUR OUVERT / Um Coração Aberto, de Ayekoro Kossou – 15’. França. 2013
Aissa e Georges, um casal inter-racial deve enfrentar as realidades do seu ambiente social imediato. Marta, mãe de Georges, tem dificuldade em aceitar seu relacionamento e tenta por todos os meios desencorajá-lo. Contra todas as probabilidades, um evento que vai mudar os seus destinos.

Geschützter Raum / Espaço Seguro, Zora Rux – 13’. Alemanha. 2014
Patrick e Sara vive uma história de amor. Mas eles também estão lutando pelos direitos dos refugiados em Berlim. Quando uma agressão sexual transforma todo o relacionamento social,
o grupo é forçado a repensar seus objetivos e a história privada cresce a uma dimensão pública indesejada.

Foxes, Mikel Gurrea – 21’. Islândia, Espanha e Reino Unido. 2015
O que você vende para ter sucesso?

La Teoría del Aeropuerto, de Angel Enríquez - 4'. Espanha. 2015
Duas histórias, duas mesas e uma rosca.

O Que Teria Acontecido Ou Não Naquela Calma e Misteriosa Tarde de Domingo no Jardim Zoológico, de Allan Souza Lima e Gugu Seppi – 15’. RJ. 2015
Ian é um homem de meia idade obrigado a conviver com sua incontestável frustração de não ter realizado nenhum de seus sonhos. Um inesperado encontro com Otto acaba por tirar Ian, violentamente, de sua até então constante e imutável zona de conforto.

Pulso, de Dani Suzuki – 15’. RJ. 2016
Há alguns anos, Walter tem vivido perdido no seu próprio mundo. Sempre guiado por atitudes impulsivas e agressivas, mergulha numa sequência de erros e acertos dentro de um universo onde a escolha certa é relativa. Em meio as suas possibilidades, ele acredita ter uma ideia genial que pode mudar o rumo da sua vida.

Balcão de Negócios, de Isabella Nicolas – 15”. RJ. 2016
A cidade é o Rio de Janeiro, o protagonista, um bon vivant da Zona Sul, mas as situações vividas por ele e sua namorada Madu poderiam ser protagonizadas por qualquer um de nós. Quem não sentiu que um relacionamento mais parece um balcão de negócios?

Lua Nova, de Andréa Prado – 13’. RJ. 2015
Mãe e filha, cúmplices de um amor mútuo, dividem suas rotinas numa praia deserta. A chegada da adolescência da filha gera uma confusão de sentimentos de perda e medo com a ruptura da nova fase da vida.

Eu Queria Ser Arrebatada, Amordaçada e, nas minhas costas, Tatuada – de Andy Malafaia –
15’. RJ. 2015
Silvana quer fugir.

32 Dentes, de Davi Kolb – 19’. RJ. 2015
A felicidade também é inevitável.

Local: La Esquina Bar | Às 19h
Rua Mem de Sá, 61 – Lapa, RJ.

V Cine Curtas Lapa BH

27 Out
a
17 Nov

De 27/10 a 17/11:  Quintas às 19:00

La Esquina
Rua dos Arcos, 82 Centro - Centro Rio de Janeiro - RJ
Catraca Livre