Um dos marcos da reforma urbana de Pereira Passos, o Jardim Suspenso do Valongo, inaugurado em 1906, na região portuária, foi restaurado e reaberto ao público no ano passado.  Com a revitalização da Zona Portuária, o Jardim, que originalmente foi projetado pelo paisagista Luis Rey para embelezar a cidade e apagar as marcas da escravidão da região conhecida como Pequena Africa,  passou a integrar a Circuito Histórico e Arqueológico da Celebração da Herança Africana.

Divulgação

Créditos: Divulgação

Casa da Guarda abriga exposição permanente com achados arqueológicos das obras do Porto

Localizado na subida do Morro da Conceição, na Rua Camerino, o Jardim fica aberto a visitação diariamente, das 10h às 18h, e a Casa da Guarda que fica nas suas dependências abriga  uma exposição permanente com os achados arqueológicos das escavações das obras do Porto. No Jardim, também estão estátuas dos Deuses Minerva, Marte, Ceres e Mercúrio que ficavam no Cais da Imperatriz.

Quem desejar pode participar de uma visita guiada pelo circuito histórico, que inclui passagens pelo Cais do Valongo e da Imperatriz, Jardim do Valongo e Casa da Guarda. As saídas ocorrem às 11h e às 14h, de terça a domingo. Marcações para grupos pelo email: [email protected]

 

Jardim do Valongo