Anvisa suspende importação de vacina pentavalente da Índia

A vacina dada em bebê protege contra cinco doenças

Por: Redação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta quinta-feira, 18, a importação, a distribuição e o uso da vacina pentavalente líquida produzida pela empresa indiana “Biologicals E. Limited”. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União.

A vacina pentavalente é indicada para imunização de crianças a partir de dois meses de idade contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e doenças causadas por Haemophilus influenza tipo b, responsável por causar infecções no nariz e na garganta. As crianças devem receber três doses da vacina, aos 2, 4 e 6 meses de idade.

criança tomando vacina no braço
Crédito: Scyther5/istockVacina pentavalente protege contra 5 doenças

A agência reguladora diz que obteve resultados insatisfatórios por ‘descumprimento dos requisitos de qualidade’. Há uma semana, três lotes dessa vacina tinham sido reprovados em testes do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da Fiocruz. O teste faz uma avaliação visual da vacina para identificar qualquer tipo de alteração de cor, textura ou de presença de partículas, por exemplo.

De acordo com a Anvisa, a vacina não tem registro no Brasil e foi importada pelo Ministério da Saúde de forma excepcional para uso nos programa de imunizações, mas não chegou a ser usada.

mulher segurando injeção com vidro de vacina
Crédito: Scyther5/istockVacina não passou em teste de qualidade da Fioruz

Compartilhe: