Últimas notícias:

Loading...

Bebês vacinados contra covid por engano são internados

As duas crianças tiveram forte reação ao imunizante, com febre alta que não passava

Por: Redação

Dois bebês que receberam a vacina da covid-19 por engano tiveram que ser internados às pressas, após uma forte reação. O caso aconteceu em uma UBS (Unidade Básica de Saúde) de Sorocaba,  no interior de São Paulo

As crianças, uma de dois meses e outra de quatro meses, foram vacinas com o imunizante da Pfizer, quando na verdade deveriam receber a vacina pentavalente, que protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo B.

bebes vacinados contra covid
Crédito: Gajus/istcokBebês recebe vacina da covid-19 por engano no interior de São Paulo

A técnica de enfermagem disse que confundiu os frascos e foi afastada. A prefeitura de Sorocaba abriu um processo para apurar o caso.

Ao portal UOL, a mãe de uma das crianças, a microempresária Ana Cláudia Mugnos Riello, contou que a menina teve febre alta que não cortava e não parava de vomitar.

A mãe do outro bebê, a dona de casa Kethillyn Fernanda Monteiro da Silva, também relatou que o filho teve febre alta, dormia o dia inteiro e acordava a cada 20 minutos chorando. Segundo ela, o menino se debatia de dor.

A recomendação para internação das crianças foi da própria Pfizer, que sugeriu sete dias de acompanhamento no hospital com eletro, ecocardiograma e recolhimento de sangue a cada 48 horas.

Após ficar em observação no hospital, os bebês deverão ser acompanhados por uma equipe médica da prefeitura por duas semanas.

Vacinação contra covid-19 em crianças

Recentemente, os EUA liberaram a vacinação contra a covid-19 de crianças de 5 a 11 anos, após um estudo mostrar eficácia e segurança. Porém, ainda não existem dados sobre o comportamento dos imunizantes em crianças menores.

vacina bebes
Crédito: Daniel Balakov/istockEstudos ainda avaliam segurança das vacinas da covid-19 em bebês

Há estudos sendo conduzidos com bebês, mas é utilizado um décimo da dose completa, pois seus sistemas imune são mais ativos e funcionais, possibilitando uma boa resposta com uma dose menor.

Compartilhe: