Últimas notícias:

Loading...

Bolsonaro volta a criticar regras de fechamento para frear pandemia

Para o chefe do Executivo, está faltando "humanidade" por parte dos governadores e prefeitos

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar medidas de fechamento de comércio para ajudar no enfrentamento da Covid-19 no país. O chefe do Executivo disse que a política do “fica em casa” e do fechamento do comércio está “empobrecendo” o Brasil.

Bolsonaro volta a criticar regras de fechamento para frear pandemia
Crédito: Reprodução/InstagramBolsonaro volta a criticar regras de fechamento para frear pandemia

“Realmente está faltando um pouco de humanidade por parte de muitos governadores e prefeitos no Brasil nessa questão da pandemia. Lamentamos as mortes, queríamos que ninguém morresse, mas temos uma realidade pela frente”, disse em evento da pista de pouso do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu (PR). “Desemprego é um efeito colateral mais danoso que o próprio vírus”, completou.

“Queria cumprimentar os trabalhadores, aqueles que pegaram no pesado aqui e em nome de você apelar a todos governadores e prefeitos do Brasil: todo homem que trabalha, toda atividade que ele exerce para levar o pão para casa, é uma atividade essencial”, falou o presidente.

Férias do presidente

As férias do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), entre 18 de dezembro de 2020 e 5 de janeiro de 2021, custaram R$ 2,37 milhões em recursos públicos, segundo informações oficiais do próprio governo. Nesse período, o chefe do executivo esteve nas cidades de São Francisco do Sul (SC) e Guarujá (SP).

Compartilhe: