Conheça os riscos que o consumo excessivo de cafeína traz para a saúde

Por: Redação

Depois de algumas mortes provocadas pelo consumo excessivo de cafeína, algumas delas entre adolescentes, surgiu o alerta para o caso.

Recentemente, o Japão registrou o primeiro caso depois da morte de um homem que trabalhava em um posto no turno da madrugada e ingeria altas doses de bebidas ricas na substância. No ano passado, os jovens Logan Stiner, de Ohio, de 18 anos, e Lanna Hamann, do Arizona, de 16, também morreram em decorrência do consumo exagerado da bebida.

As autoridades internacionais de saúde advertem que 50 miligramas por ml de sangue já são suficientes para provocar uma morte e, de acordo com a Autoridade Europeia de Segurança Alimentícia (FDA, na sigla em inglês), a recomendação é tomar de meia a três xícaras de café por dia.

Os sintomas de overdose de cafeína incluem pulso acelerado ou irregular. Além disso, pessoas intoxicadas podem apresentar vômito, diarreia, letargia e nos casos mais extremos, levar à morte.

Apesar de serem raros, os casos fatais não podem ser desconsiderados. A FDA alerta para o uso da cafeína pura em pó, vendida como suplemento para atletas. Uma colher pequena desse tipo de produto que é pura cafeína equivale a aproximadamente 28 xícaras de café.

Conheça os riscos que o consumo excessivo de cafeína traz para a saúde
Conheça os riscos que o consumo excessivo de cafeína traz para a saúde

Compartilhe: