Covid-19: vacina da Johnson avança e chega à fase final de testes

Imunizante tem aplicação de dose única e será testado em 60 mil voluntários

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A Johnson & Johnson anunciou nesta quarta-feira, 23, o lançamento do ensaio final da fase 3 de testes com sua potencial vacina contra o coronavírus.

O teste será realizado com até 60 mil voluntários adultos no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, México, Peru, África do Sul e Estados Unidos. Os participantes serão selecionados aleatoriamente para receber uma dose da vacina ou de um placebo.

vacina da johson
Crédito: Gevende/istockVacina da Johnson chega à fase final de testes

O ensaio incluirá pessoas acima dos 60 anos, com e sem outras doenças preexistentes. Esta última etapa dos ensaios serve para determinar se a vacina é segura e eficaz nos diferentes grupos de pessoas.

A Johnson & Johnson informou que está usando a mesma tecnologia utilizada para desenvolver sua vacina experimental contra o Ebola. Envolve a combinação de material genético do coronavírus com um adenovírus modificado que é conhecido por causar resfriados comuns em humanos.

Segundo a gigante farmacêutica, sua vacina, que recebeu o nome de Ad26.COV2.S, demonstrou segurança e induziu resposta imune nas fases 1 e 2 dos ensaios clínicos, quando foi aplicada apenas uma dose em cada paciente.

A J&J antecipa que os primeiros lotes estarão disponíveis para autorização de uso de emergência no início de 2021, se comprovado que o imunizante é seguro e eficaz. Segundo a empresa, a ideia é produzir uma vacina acessível ao público, sem fins lucrativos.

Compartilhe: