Últimas notícias:

Loading...

Doença misteriosa em dezenas de diplomatas em Viena é investigada

Funcionários relataram uma variedade de sintomas e sensações físicas sem explicações

Por: Redação

A Embaixada americana em Viena está investigando uma doença misteriosa em pelo menos 20 diplomatas e funcionários administrativos. Eles relatam tontura, perda de equilíbrio, perda auditiva e ansiedade até algo que eles descreveram como “névoa cognitiva”.

Os sintomas são semelhantes à Síndrome de Havana – uma doença cerebral sem explicações. A doença foi relatada pela primeira vez em Cuba em 2016 e 2017, e desde então existe um esforço para compreendê-la.

embaixada
Crédito: Reprodução/Google MapsFuncionários da Embaixada dos EUA em Viena apresentam sintomas misteriosos

Os primeiros casos relatos em Cuba falavam em  “fenômenos audíveis e / ou sensoriais direcionais de origem obscura”. Os indivíduos afetados pareciam ter sofrido lesões em redes cerebrais generalizadas “sem um histórico associado de traumatismo craniano”.

Acredita-se que a doença possa ser causada por radiação de micro-ondas direcionada, embora outras causas não são completamente descartadas.

Os funcionários da Embaixada que tiveram os sintomas foram levados aos EUA para receber tratamento. Casos da doença foram relatados em outras partes do mundo, mas as autoridades americanas dizem que os números em Viena são maiores do que em qualquer outra cidade, além de Havana.

Compartilhe:

Tags: #Doença