Enfermeira denuncia cenas horríveis em hospital com pacientes de covid

Em um vídeo de 50 minutos, profissional chora ao denunciar falta de cuidados de hospital

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Em um vídeo publicado no Facebook, a enfermeira Lawanna Rivers denuncia o hospital em que trabalha no Texas, nos Estados Unidos. Chorando, ela conta sobre as “condições horríveis” do local e diz que pacientes internados com covid-19 no University Medical Center ficam sem cuidados e acabam morrendo.

De acordo com Lawanna, os pacientes mais críticos não recebem muitas visitas dos médicos por serem considerados casos perdidos. “Vi muita gente que não deveria morrer perder a vida”. “Se os médicos lá tratassem agressivamente os pacientes desde o início, muitos mais sobreviveriam”, acredita.

enfermeira chorando
Crédito: Reprodução/FacebookEnfermeira chora ao denunciar tratamento recebido por pacientes de covid-19 em hospital

A enfermeira conta que no primeiro dia foi colocada para trabalhar em um local chamado de “cova”, com oito pacientes positivos para covid-19. “No meu primeiro dia de orientação, me disseram: ‘Quaisquer que sejam os pacientes que vão para a ‘cova’, só saem num saco para cadáveres'”, lembra.

No vídeo ela ainda faz outra denúncia sobre tratamento diferente dado aos pacientes. Segundo a enfermeira, a única sobrevivente do coronavírus no andar em que trabalha foi a esposa de um médico que era chamada “paciente VIP” e recebia tratamento diferenciado.

“Não havia nada que eles não fizessem por aquela mulher. E adivinha? Ela foi a única paciente que saiu viva da UTI”, afirma.

O hospital disse  a um canal de TV dos EUA, que “não pode verificar totalmente os eventos expressos” no vídeo pela enfermeira, mas reconheceu o “difícil preço físico e emocional” que a pandemia teve sobre os profissionais de saúde.

Posted by Lawanna Rivers RN on Saturday, November 7, 2020

Compartilhe: