Informar

Ervas medicinais podem ser cultivadas em casa e usadas em tratamentos

Não importa o tamanho. Horta caseira é sempre uma boa fonte de temperos frescos para as refeições. E se o dono desejar, ela também pode fornecer plantas medicinais. Dependendo do caso, tais ervas podem colaborar, e muito, para a saúde dos moradores da casa.

Foto: Shutterstock
Alecrim é bom para ajudar na digestão (foto: Shutterstock)

Conheça algumas espécies para cultivar em casa e dicas de como usá-las em tratamentos. A lista foi elaborada por Caroly Cardoso, coordenadora do curso de Especialização em Plantas Medicinais e Fitoterápicos das Faculdades Oswaldo Cruz.

Louro (Laurus nobilis)

Usado tradicionalmente para temperar feijão, o louro tem propriedade digestiva. “Melhor do que qualquer sal de fruta no mercado”, garante Caroly. Pode ser usado após uma refeição gordurosa, como feijoadas e pizzas.

Como prepará-lo?  Ferva uma xícara de água filtrada e coloque duas folhas picadas de louro seco ou fresco. Abafe por 15 minutos e tome vagarosamente.

Alecrim (Rosmarinus officinalis)

O alecrim gosta bastante de luminosidade, mas, como orienta a especialista, precisa ser protegido de ventos fortes. É bom para ajudar na digestão, é antiespasmódico (contra cólicas) e diurético.
Como prepará-lo? Da mesma forma que o louro.

Conheça outras plantas medicinais para cultivar e usar em tratamentos

Compartilhe: