Últimas notícias:

Loading...

Facebook e CVV lançam ferramenta para ajudar na prevenção ao suicídio

Ferramenta vai ligar usuário com dificuldades emocionais a voluntários que prestarão o apoio emergencial

Por: Redação

O Centro de Valorização da Vida (CVV) ganhou um reforço na prevenção ao suicídio. Em parceria com o Facebook, será lançado de um bot no Messenger, que irá atuar no apoio de urgência aos usuários em risco. O mecanismo de inteligência artificial vai seguir uma série de protocolos para identificar essas pessoas em crise e, assim, poder acionar socorristas por meio da rede social.

A gerente de Programas de Bem-Estar do Facebook na América Latina, Daniele Kleiner, afirma que a plataforma monitora o tema há dez anos e consegue detectar termos como ‘dor da alma’, ‘tristeza’ ou ‘quero me matar’. De acordo com ela, no ano passado, 3.500 pessoas foram atendidas pelos socorristas em todo mundo.

“Nos preocupamos muito com o bem-estar da nossa comunidade e trabalhamos com organizações em todo o mundo, como o CVV e a Safernet no Brasil, para fornecer apoio a pessoas que estejam passando por dificuldades emocionais”, afirma Kleiner. “Temos desenvolvido uma série de recursos na plataforma para garantir que amigos e familiares possam ajudar uma pessoa quando ela indica em uma publicação estar passando por um estresse emocional”, acrescenta.

Como vai funcionar

A exemplo do que já é feito nos Estados Unidos e na Austrália, o mecanismo vai permitir que os usuários indiquem, de forma anônima, algum perfil que tenha feito alguma postagem que gere preocupação.

Ao denunciar, a pessoa deve indicar o motivo clicando na opção que indica suicídio. A partir daí, a rede social aponta algumas alternativas, tais como oferecer diretamente ajuda ou apoio, contatar um amigo em comum ou ler material sobre como abordar o assunto. Outra opção é pedir que o próprio Facebook verifique a publicação.

ferramenta de denúncia de post ao Facebook
Crédito: Reprodução/FacebookUsuário pode receber orientações de como ajudar um amigo

Caso o conteúdo seja, de fato, considerado procedente, uma notificação será enviada ao perfil “denunciado”. A pessoa recebe uma notificação na qual ela pode escolher pedir ajuda, enviar mensagem a um amigo, receber dicas para lidar com a situação, desconsiderar a notificação ou entrar em contato com uma linha de ajuda.

Essa última opção aciona o bot, que irá fornecer informações e links para os canais de ajuda do CVV, nos quais encontram-se voluntários disponíveis para conversar, por telefone sem custo de ligação, chat online ou e-mail.

Já para quem quiser saber mais sobre a organização ou quiser contribuir, o bot trará informações sobre o trabalho e a história do CVV, além de opções para doação.

voluntária do CVV ao telefone

Atuação do CVV na prevenção ao suicídio

O CVV atua há 57 anos prestando ajuda voluntária a quem precisa de apoio emocional. Recentemente, a ligação para o número 188 passou a ser gratuita em todo o território nacional, a partir de telefone fixo ou celular.

Além do atendimento telefônico, os voluntários conversam por meio de chat no site www.cvv.org.br e também pessoalmente nos 89 postos de atendimento (consulte aqui).

“O CVV sempre buscou de forma contemporânea utilizar as novas tecnologias em equilíbrio com o atendimento humano que possibilite um encontro entre pessoas, para acolher de maneira eficiente aqueles que buscam por ajuda. Há 57 anos, quando o CVV foi fundado, o telefone era uma tecnologia para poucos, e já era um meio utilizado pela entidade”, comenta Elaine Macedo, voluntária e porta-voz do CVV. “Assim como fomos a primeira organização para prevenção do suicídio a usar o chat como forma de atendimento há alguns anos.”

Dados sobre o suicídio

Todos os anos, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). No Brasil, uma pessoa morre por suicídio a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período.

O problema é tão complexo que passou a ser tratado pelo Ministério da Saúde como uma questão de saúde pública.

Saber reconhecer os sinais que indicam risco de suicídio em alguém próximo é extremamente importante para se prevenir. Confira nesta matéria os sinais de alerta que podem indicar que a pessoa está pensando em suicidar-se.