Falta de vitamina D pode aumentar risco de covid-19, sugere estudo

Pesquisa com 489 pessoas descobre que aquelas com deficiência de vitamina D não tratada tinham quase o dobro de probabilidade de testar positivo

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Um estudo da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos analisou o papel da vitamina D na prevenção à covid-19. No início da pandemia, já se especulava a respeito. Muitos defendiam que suplementar a vitamina poderia reduzir o risco da infecção, mas autoridades de saúde alertavam que não havia evidências científicas que sustentassem isso.

Agora, com esse estudo, os autores demonstraram que de fato há uma associação entre deficiência de vitamina D e infecção pelo coronavírus.

Apesar disso, os autores acreditam que mais pesquisas são necessárias porque  há várias limitações no estudo, incluindo a ideia de que pessoas com deficiência de vitamina D normalmente têm vários dos outros fatores de risco associados a covid-19, incluindo idade avançada, obesidade e diabetes.

vitamina D
Crédito: Isayildiz/istockFalta de vitamina D pode ter relação com covid-19

Como foi realizado o estudo

O estudo, publicado quinta-feira no Journal of the American Medical Association, examinou 489 pessoas que foram testadas para covid-19 entre 3 de março e 10 de abril e foram testadas para deficiência de vitamina D no ano anterior.

Os resultados mostraram que 19 por cento das pessoas com deficiência de vitamina D testaram positivo para a doença, em comparação com 12 por cento das pessoas com deficiência de vitamina D.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Excesso de vitamina D é perigoso

É verdade que a vitamina D é conhecida por fortalecer a capacidade do corpo de lutar contra os vírus, mas – apesar do estudo de Chicago – não há prova de que ela possa prevenir a covid-19. Além do mais, é preciso alertar que doses altas podem ser perigosas.

Tanto a vitamina D quanto a A, a E e K são chamadas de lipossolúveis e, em excesso, podem se acumular no nosso organismo e prejudicar as funções renais. Por isso, não devem ser usadas de maneira indiscriminada.

No entanto, suplementar a vitamina D com orientação médica ou se expor à luz solar é importante para a saúde geral.

vitamina D
Crédito: AleksandarNakic/istockVitamina D pode ser obtida de forma natural ao expôr a pele à luz solar

Compartilhe: