Hospital das Clínicas faz mutirão para diagnosticar câncer de pele

Dermatologistas atenderão a população no sábado, dia 7 de dezembro

Por: Redação

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano, cerca de 180 mil novos casos de câncer de pele, o tipo de tumor mais comum no Brasil e no mundo. Para esclarecer dúvidas sobre a doença e promover a prevenção, o Hospital da Clínicas da FMUSP irá atender gratuitamente a população no sábado, dia 7 de dezembro. As consultas irão acontecer, das 9h às 15h, no Prédio dos Ambulatórios próximo à estação do Metrô Clínicas.

Segundo o dermatologista Eugênio Pimentel, responsável pela campanha, devem procurar atendimento médico as pessoas que apresentam múltiplas pintas, manchas ou pintas que estão se modificando, lesões pigmentadas nas palmas das mãos e plantas dos pés, feridas que não cicatrizam ou lesões de crescimento rápido ou contínuo.

dermatologista examinando paciente com Câncer de pele
Crédito: IStock/@kali9Dermatologistas irão fazer mutirão para diagnosticar câncer de pele no HC

Além das consultas, o público também será orientado sobre a importância de se proteger dos raios solares para prevenção da doença. “Os riscos da exposição excessiva, em horários de maior incidência solar, poderá acarretar sérios problemas”, alerta o médico. A radiação ultravioleta é a principal responsável pelo desenvolvimento da doença.

Na campanha de 2018, o Hospital das Clínicas atendeu 460 pessoas, sendo que 62 receberam diagnóstico positivo.

Câncer de pele

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), 30% de todos os tumores malignos diagnosticados no Brasil correspondem ao câncer de pele.

Este tipo de câncer ocorre pelo crescimento anormal das células que compõem a pele e são classificados em dois tipos: câncer de pele melanoma e câncer de pele não melanoma (o mais frequente no Brasil).

Como prevenir

mulher passando filtro solar
Crédito: Paultarasenko/istockA recomendação é utilizar filtro solar com fator de proteção de pelo menos 30

A principal recomendação para a prevenção do câncer de pele é evitar a exposição ao sol, principalmente nos horários em que os raios solares são mais intensos (entre 10h e 16h), bem como utilizar óculos de sol com proteção UV, roupas que protegem o corpo, chapéus de abas largas, sombrinhas e guarda-sol.

Além disso, é de fundamental importância o uso de filtro solar com fator de proteção solar (FPS) 30 ou mais, principalmente quando a exposição ao sol é inevitável. O filtro solar deve ser aplicado corretamente, de duas a três vezes ao dia, inclusive nos lábios e em dias nublados.

Serviço

Campanha de Prevenção ao Câncer de Pele

Das 9h às 15h – Prédio dos Ambulatórios do Instituto Central do HC

Av. Enéas de Carvalho Aguiar, 155 – próxima à estação do Metrô Clínicas.

Compartilhe: