Monogamia em xeque: é possível ser fiel e feliz ao mesmo tempo?

Saiba como abordar com o seu parceiro(a) questão da atração por outras pessoas

Por: Personare Comunicar erro

Nossa sociedade vive um momento onde, cada vez mais, se discute sobre as diversas possibilidades de relacionamento. Reconhecer que existe o desejo por outras pessoas, fora dos próprios relacionamentos, é uma realidade que precisa ser discutida. Será que manter um relacionamento monogâmico está ultrapassado? É possível ser fiel ao parceiro e ser feliz?

Uma das alternativas ao relacionamento a dois é o poliamor, onde é possível ter muitas relações afetuosas e sexuais ao mesmo tempo.

Outra alternativa seria o relacionamento aberto. Nele, os casais se permitem estar com outros parceiros, sem que isso configure uma traição.

Há ainda quem prefira estar só e livre para se relacionar com quem quiser, sem se envolver afetivamente.

Construir um relacionamento sólido não é uma tarefa simples. Exige, mais que tudo, respeito pela individualidade. Foto: Pixabay

Uma das dificuldades em estar em um relacionamento exclusivo é a sensação de posse em relação ao parceiro. Precisamos entender que quando não nos percebermos como pessoas únicas, tentamos validar a relação acreditando ser uma extensão do parceiro. Acabamos nos perdendo de nós mesmos.

Nenhuma relação nasce pronta. Você deseja ter uma relação duradoura? Pense que não é simples construir um relacionamento sólido. A principal exigência para quem deseja viver essa experiência é ter respeito pela individualidade.

Construir um relacionamento sólido não é uma tarefa simples. Exige, mais que tudo, respeito pela individualidade. Mas o que vem a ser isso? Não se importar com o que o outro faz quando ambos não estão juntos? Passar por cima dos planos do casal para privilegiar.

Para respeitar a individualidade do parceiro precisamos começar a nos respeitar primeiro. Para a relação existir, é fundamental entender que não somos a metade do outro. É necessário estar inteiro para não se perder tentando agradar o outro ou esperando o mesmo do parceiro.

Continue lendo para saber dicas importantes de como manter seu relacionamento de forma duradoura e saudável.

Texto produzido por Célia Lima e publicado no Personare.

Compartilhe:

Tags: #poliamor
1
03:38
Cuidados e prevenções para a saúde das mulheres
Dores menstruais parecem típicas, mas podem ser um sinal de endometriose. Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, …
2
02:37
Saiba quais são os sintomas do Transtorno bipolar
O transtorno bipolar vai além das variações de humores. Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, psiquiatra e professor da Unifesp, …
3
01:40
O que é a Fibromialgia e quais os sintomas?
Você já sentiu dores intensas em algumas partes do corpo? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, fala …
4
04:15
Quais são os sintomas que indicam diabetes?
Você sente uma fome excessiva, mas não consegue identificar o por quê? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e …
5
04:43
Quais são os sintomas da Esquizofrenia?
A esquizofrenia é um dos tipos da psicose, que é um sintoma que descreve condições que afetam a mente. Hoje, o …
6
03:10
Como os fatores sociais impactam a expectativa de vida
Saneamento básico e desemprego são alguns dos fatores que podem impactar diretamente com a nossa longevidade. Hoje, a Dra. Aline de …
7
01:28
Psicose: saiba como identificar
Pensamentos vagos e incoerentes? Como identificar um surto psicótico? Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, fala sobre os sintomas da …
8
02:11
Saiba como identificar os sintomas da diverticulite
A diverticulite tem se tornado uma doença comum, principalmente para pessoas acima dos 60 anos. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …