Números de casos e mortes por coronavírus neste 17 de junho

Por: Redação

Nesta quarta-feira, 17, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Connas), o Ministério da Saúde e o consórcio de veículos de imprensa divulgaram os números consolidados dos casos e mortes causadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas.

Crédito: Altemar Alcântara/Semcom/Fotos PúblicasBrasil registra mais de 1,2 mil novas mortes por coronavírus pelo 2º dia consecutivo

O levantamento do consórcio formado por veículos de comunicação apresenta divergência com os dados divulgados pelo Connas e o Ministério da Saúde. De acordo com os números do consórcio, houve 4.932 novos casos a mais e 155 novos óbitos a mais. Isso pode ser explicado pois a última atualização da imprensa foi às 20h, enquanto dos outros dois órgãos foi às 18h e 18h30, respectivamente.

Esses são os números atualizados até o momento:

Levantamento do consórcio da imprensa

Os dados divulgados pelo consórcio da imprensa também refletem a somatória de informações oficiais disponibilizadas por cada um dos 26 Estados e do Distrito Federal.

Casos confirmados
Últimas 24h- 31.475
Total – 960.309  casos

Óbitos confirmados
Últimas 24h – 1.209
Total – 46.665

Levantamento do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Connas)

Os dados divulgados pelo Connas refletem a somatória de informações oficiais disponibilizadas por cada um dos 26 estados e do Distrito Federal.

Casos confirmados
Últimas 24h – 32.188
Total – 955.377

Óbitos confirmados
Últimas 24h –  1.269
Total- 46.510

Os números de cada estado você encontra no site do Connas. 

Levantamento do Ministério da Saúde

A pasta voltou a informar os números como feito desde o início da pandemia, após decisão do Supremo Tribunal Federal.

Casos confirmados
Últimas 24h – 32.188
Total – 955.377

Óbitos confirmados
Últimas 24h –  1.269
Total- 46.510

A atualização diária traz um aumento de 2,8% no número de óbitos em relação a ontem –45.241. A atual taxa de letalidade é de 4,9%.


No começo de junho, o Mistério da Saúde mudou a forma de divulgar os dados da pandemia. Os governantes reduziram a quantidade dos dados. Primeiro, o horário de divulgação, que era às 17h na gestão do ministro Luiz Henrique Mandetta (até 17 de abril), passou para às 19h e depois para às 22h. Em função disso, os veículos de comunicação em parceria e de forma colaborativa também vão divulgar dados sobre a pandemia de covid-19.

Após decisão do STF, o governo voltou atrás passando a divulgar os dados as 18h com o acumulado na data e não apenas os casos das últimas 24h. Isso, porque o registro da morte não chega ao conhecimento das secretárias, necessariamente, no dia em que ocorreram.



#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Compartilhe: