OMS vê sinais de estabilização da covid-19 no Brasil, mas faz alerta

Entidade frisou que isso não significa o fim da crise da pandemia no país

Por: Redação

O diretor de operações do programa de emergências da OMS, Michael Ryan, afirmou nesta sexta-feira, 3, que vê sinais de estabilização dos casos da covid-19 no Brasil. A afirmação, porém, veio junto a um alerta de que isso não é garantia de uma queda. “Já vimos isso acontecendo em outros países. Eles registraram uma estabilização por alguns dias, e depois a doença decolou de novo”, frisou Ryan.

Segundo o diretor da entidade, o quadro da doença “ainda é muito severo” no país e o momento é de extremo cuidado. Rayan ainda afirmou que se o país quiser mesmo ver a curva de infeções descer, o governo terá que intensificar o enfrentamento ao vírus, e a população não relaxar quanto às medidas de prevenção.

myke ryan oms sobre estabilização de caos no Brasil
Crédito: Reprodução/TwitterApesar da estabilização, Michael Ryan diz que quadro da doença “ainda é muito severo” no Brasil

#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Ryan elogiou os profissionais de saúde e o sistema de atendimento do país, que têm conseguido lidar com a crise. “Em muitos países, o sistema está saturado. Não chegamos a esse ponto ainda [no Brasil]”, disse.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, também insistiu que “nunca é tarde demais” para controlar o vírus e lembrou de países como Espanha e Itália que, mesmo passando por períodos complicados de contaminação, conseguiram conter a epidemia.

Compartilhe: