Últimas notícias:

Loading...

Parto de emergência salva bebê antes de mãe morrer com covid-19

A gestante era médica e estava no oitavo mês de gravidez; o recém-nascido está na UTI

Por: Redação

A covid-19 causou a morte de mais uma gestante. Dessa vez, a médica Cibele Bento Rodrigues, de 38 anos, que estava no oitavo mês de gestação, não resistiu e veio a óbito antes de ser intubada em um hospital de Barra do Garças, em Mato Grosso.

A mulher foi internada na UTI na última segunda-feira, 5, com um quadro de tosse e falta de ar. Os médicos agiram rapidamente e fizeram um parto de emergência para salvar o bebê. A médica, no entanto, não resistiu e morreu após sofrer uma parada cardíaca.

médica gestante morre de covid

O recém-nascido foi transferido de avião em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea para Goiânia.

Cibele Bento Rodrigues morava na cidade de Ribeirãozinho, a 110 km de Barra do Garças, e tinha atuado recentemente no Programa Mais Médicos no estado do Rio Grande do Norte. O corpo dela foi enterrada na tarde de terça-feira.

Complicações da covid-19 em gestantes

As gestantes são mais suscetíveis a complicações e morte por covid-19. Tanto mulheres grávida, como puérperas e mulheres após aborto são consideradas parte do grupo de alto risco de gravidade da doença.

Isso acontece devido ao fato de os corpos das mulheres promoverem naturalmente inflamação durante o primeiro e terceiro trimestres. Dessa maneira, aquelas infectadas com vírus respiratórios, particularmente o SARS-CoV-2, em fase inicial ou final da gravidez podem ter maior risco de respostas imunológicas exageradas ao vírus.

De acordo com um estudo feito pela Mayo Clinic, a gravidade da doença é altamente variável e mulheres grávidas com comorbidades subjacentes ou condições de saúde têm maior risco de resultados piores.

Compartilhe: