Últimas notícias:

Loading...

Praticar atividade física regularmente reduz chance de covid grave

Estudo diz que para ter esse benefício é preciso praticar 150 minutos por semana de atividade física moderada ou vigorosa

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Que a atividade física é parceira da saúde não há dúvidas. Agora, um estudo publicado recentemente no British Journal of Sports Medicine apontou que quem tem um histórico de atividade física consistente tem um risco reduzido de desenvolver a forma grave da covid-19.

O estudo foi realizado pela organização sem fins lucrativos Kaiser Permanente e analisou quase 50 mil adultos com a doença. Os pesquisadores analisaram as taxas de hospitalização, admissões em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e mortalidade de pacientes e avaliavam se essas pessoas eram sedentárias ou se realizavam alguma atividade.

Segundo a pesquisa, aqueles que praticavam pelo menos 150 minutos por semana de atividade física moderada ou vigorosa apresentaram incidências significativamente menores de hospitalização e morte em decorrência da covid-19.

“Recomendamos que os esforços para promover a atividade física sejam priorizados pelos órgãos de saúde pública e incorporados aos cuidados médicos de rotina”, escrevem os autores do estudo.

atividade física
Crédito: TuiPhotoengineer/istock Atividade física constante reduz risco de um quadro grave da covid-19, segundo estudo

A descoberta não surpreende tanto porque o comportamento sedentário já é um fator de risco conhecido para outras doenças, como cardiovasculares,  diabetes, derrame e até câncer.

Para beneficiar a saúde de maneira geral, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda pelo menos 150 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada durante a semana ou pelo menos 75 minutos de atividade física aeróbica intensa durante a semana ou uma combinação equivalente de atividade de intensidade moderada e vigorosa.

Veja as recomendações da OMS para adultos, crianças e idosos:

Compartilhe: