São Paulo está próximo do platô, diz Doria sobre curva de infecções

Segundo o governador, as 144 mortes a menos da última semana seriam um reflexo dessa estabilidade de elevação da curva

Por: Redação

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) disse na manhã desta quarta-feira, dia 1º, que a curva de mortes e infecções pelo novo coronavírus no estado de São Paulo está muito próxima de atingir um “platô”, que é quando o número de registros diários da doença alcança uma estabilidade. A afirmação foi feita em uma entrevista à GloboNews.

“Depois, dizem os especialistas, médicos, cientistas, epidemiologistas e infectologistas que esse platô segue em uma linha horizontal e depois, na sequência, é o que nós esperamos, o decréscimo”, afirmou.

joão doria diz que SP está perto do platô
Crédito: Reprodução/TVDoria diz que SP está perto do platô de casos de coronavírus

O estado de São Paulo, que completou 4 meses de quarentena, soma os maiores números absolutos da covid-19 no País. São 281.380 pessoas infectadas pela doença e 14.763 óbitos.

Na última semana, o estado teve um número menor de mortes. “Foram 144 a menos que na semana anterior”, afirmou Doria. Segundo ele, isso já é um reflexo da chegada muito próxima desse platô.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Apesar da desaceleração de casos, o governador  ressaltou a importância de seguir com as medidas de prevenção, como o uso de máscaras e o respeito ao isolamento social. “A recomendação é, para quem puder, continuar em casa. E usar as máscaras, que agora, além de obrigatórias, estão passíveis de multa”, disse.

A multa começa a valer em todo o estado agora em julho. Pessoas que descumprirem o uso obrigatório de máscaras de rosto serão multadas em R$500. Já os estabelecimentos comerciais que descumprirem o uso obrigatório terá que desembolsar R$ 5 mil. Este valor será cobrado por cada pessoa flagrada sem máscara e por cada vez que isso acontecer dentro do comércio.

Compartilhe: