CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

SP já tem mais internações por síndrome respiratória grave que em 2019

Entre 8 e 28 de março, o estado registrou 9.759 internações, segundo a Fiocruz; em 2019 inteiro, foram 9.701

Por: Redação

Em apenas três semanas, de 8 a 28 de março, o estado de SP registrou mais internações por síndrome respiratória grave que em todo o ano de 2019. Isso é o que mostra um levantamento feito pelo G1 com base em dados fornecidos pelo Infogripe da Fiocruz.

Em todo o ano de 2019, foram registradas 9.701 internações por SRAG no estado de São Paulo, segundo o sistema de monitoramento Infogripe. Em 2020, 9.759 pessoas foram internadas somente entre 8 e 28 de março.

internações sp coronavírus
Crédito: Divulgação/TV GloboEm apenas 3 semanas, internações em SP já ultrapassam números totais de 2019

Desses casos, 1.727 foram confirmados como covid-19 e 234 foram diagnosticados como outros vírus. Outros 963 testaram negativo, não testaram ou não tinham a informação. Outros 5.664 pacientes ainda aguardam o resultado dos exames.

O levantamento não considera a última semana disponível no sistema, de 29 de março a 4 de abril, porque a estimativa é menos precisa no período mais recente.

O InfoGripe leva em conta o que já foi inserido no sistema nacional do SUS e faz uma estimativa dos casos que ainda não entraram com base no histórico de cada local.

O número de internações começou a crescer rapidamente a partir do início de março. Na última semana de fevereiro, foram registradas 196 internações por SRAG em SP. De 1 a 7 de março, o número cresceu para 367. Na semana seguinte foram 1.430 casos.

Entre 15 e 21 de março, foram 3.772 casos. E, na semana seguinte, foram 4.557 internações por SRAG.

Para ver análises de especialistas sobre o caso, acesse o site do G1.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.