SP recebe as primeiras 120 mil doses da vacina CoronaVac

Vacina da chinesa Sinovac e do Butantan está na reta final de testes e ainda não foi aprovada pela Anvisa

Por: Redação
Ouça este conteúdo

As primeiras 120 mil doses da vacina contra o novo coronavírus CoronaVac, do laboratório chinês Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan, chegaram na manhã desta quinta-feira, 19, em São Paulo, um dia antes da data prevista.

Este primeiro lote faz parte da carga de 6 milhões de doses que o governo de São Paulo comprou do laboratório chinês e ficará armazenado em local não informado por questões de segurança.

vacina coronavac
Crédito: Divulgação/Instituto ButantanVacina CoronaVac está na reta final de testes e ainda não foi aprovada pela Anvisa

As doses do vacina já estão prontas para uso assim que o imunizante for registrado e autorizado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).  Isso só pode ocorrer após a conclusão dos testes da CoronaVac, que estão atualmente na terceira fase.

Cerca de 10 mil voluntários já receberam ao menos uma das doses da vacina ou do placebo.

A CoronaVac é uma das quatro candidatas a vacina contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) que estão sendo testadas no Brasil. O governo de São Paulo firmou acordo para a compra de 46 milhões de doses e para a transferência de tecnologia para o Instituto Butantan.

Compartilhe: