Um em cada três testes RT-PCR feitos em SP dá positivo para covid-19

Desde março até o dia 27 de julho, as redes pública e privada do estado fizeram 1.778.225 testes para o novo coronavírus

Por: Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil

De cada três pacientes que realizam testes RT-PCR no estado de São Paulo, um tem resultado positivo para o novo coronavírus, cerca de 33%. A informação foi dada na quinta-feira, 30, por Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, em coletiva à imprensa no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo de São Paulo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a epidemia está sob controle quando uma região que realiza um alto número de testes consegue alcançar uma taxa de positividade de cerca de 5%, mantendo-a por, ao menos, duas semanas.

teste RTPCR SP
Crédito: Filadendron/istockCerca de 33% dos testes RT-PCR dão positivo para o novo coronavírus

Desde março, início da pandemia, até o dia 27 de julho, as redes pública e privada do estado fizeram 1.778.225 testes de diagnóstico para o novo coronavírus, sendo que 60% deles eram do tipo RT-PCR, que identifica as pessoas que estão com o vírus ativo. O estado soma 529.006 infectados pelo vírus e 22.710 mortes desde o início da pandemia.

O restante dos exames foi feito ou por meio de testes sorológicos (27% do total), os chamados testes rápidos, que identificam as pessoas que já tiveram contato com o vírus e desenvolveram anticorpos; ou por meio de outros métodos (13%), como os de sangue venoso. No caso dos testes rápidos, um em cada quatro pacientes que fizeram esse exame tiveram diagnóstico positivo, informou Paulo Menezes.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


No início da pandemia, em março, o estado só testava as pessoas que estavam internadas e por meio de RT-PCR. Naquele mês o estado fez 26,7 mil testes, uma média de 900 testes diagnósticos por dia. Com o tempo, o estado começou também a realizar os exames rápidos e atualmente, o estado realiza, em média, 21,3 mil exames por dia. Até o dia 27 de julho o estado contabilizou 576,3 mil testes para o novo coronavírus.

“Essa média diária de 23 mil testes equivale a cerca de 52 testes a cada 100 mil habitantes por dia, patamar que a Alemanha testava em junho”, disse Patricia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico, na coletiva à imprensa. “Nas últimas semanas estamos conseguindo chegar entre 28 mil e 30 mil testes por dia, o que equivale entre 60 e 65 testes a cada 100 mil habitantes. A meta é chegar, em agosto, ao patamar de 72 testes a cada 100 mil habitantes”, acrescentou ela.

Compartilhe: