Últimas notícias:

Loading...

Variante de Manaus circula em SP, que já tem 3 casos confirmados

As três pessoas contaminadas pela nova variante têm histórico de viagem ou residência em Manaus

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A variante do novo coronavírus de origem amazônica já foi identificada em circulação em São Paulo. Na terça-feira, 26, a Secretaria Estadual da Saúde do estado confirmou três casos por meio de sequenciamento genético realizado no Laboratório Estratégico do Instituto Adolfo Lutz, que é referência nacional.

As três pessoas contaminadas pela nova variante têm histórico de viagem ou residência em Manaus. Acredita-se que as mutações apresentadas por essa variante conhecida como P.1. poderiam estar associadas a um maior potencial de transmissão, mas ainda não há comprovação.

variante são paulo
Crédito: Zé Barretta/istockVariante do Amazonas é identificada em São Paulo

O Japão foi o primeiro a identificar a variante depois que 4 cidadãos japoneses retornaram de uma viagem ao Amazonas. O caso foi notificado ao Ministério da Saúde brasileiro no dia 9 de janeiro.

Essa nova cepa possui 12 mutações, uma delas se assemelha a encontrada nas variantes do Reino Unido e da África do Sul.

Especialistas em todo o mundo acompanham com preocupação essa nova variante. O diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, Dr. Anthony Fauci, o principal infectologista dos EUA, fez um alerta sobre a cepa brasileira, que na opinião dele, pode se tornar mais dominante.

“Se ela (a variante) tem a capacidade de se espalhar de maneira mais eficiente, é provável que se torne cada vez mais dominante, mas temos que esperar para ver”, disse Fauci em entrevista à CNN.

Até o momento, o que se sabe é que as vacinas em desenvolvimento são eficazes contra essas novas variantes identificadas.

Compartilhe: