divulgação

Créditos: divulgação

A Cia Cabelo de Maria é um dos grupos que se apresenta no projeto Mil Brasis do Sesc Belenzinho

 

Em fevereiro, o Sesc Belenzinho promove o projeto Mil Brasis, que convida a todos a vivenciar e celebrar a cultura popular brasileira por meio da música e da dança.

Coco, maracatu, cavalo-marinho, frevo, ciranda, caboclinho e baianá estão entre as manifestações populares nas apresentações, todas com entrada Catraca Livre.

Confira a programação completa:

Dias 9 e 11, sábado e segunda, às 18h

Com a Cia Cabelo de Maria. O novo show do grupo apresenta o Baianá, um folguedo originário de Pernambuco que teve o seu auge em Alagoas entre os anos 20 e 50. O Pancada Motor, antigo nome dado ao Baianá, é repleto de letras e melodias elaboradas, associadas ao ritmo contagiante. O repertório de 18 músicas foi recolhido a partir das andanças da musicista Renata Mattar ao longo de mais de quinze anos por todo Brasil.

Dia 3, domingo, às 18h

Com Cia Mundu Rodá. Ao som de instrumentos típicos como a rabeca, bombos de corda, bajes, mineiro, sanfona e bandolim, integrantes e folgazões cantam e dançam em homenagem aos brinquedos tradicionais brasileiros. O ritmo pulsante da música é acompanhado por diferentes coreografias e passos denominados “trupés” e que fazem referência ao Cavalo Marinho pernambucano. Bonecos gigantes e figuras mascaradas como “Valentão”, “Mateus”, “Mané Pequenino”, “Margarida”, “Cavalo Marinho” e “Boi” integram o grande baile oferecido em homenagem ao Capitão Marinho. A festa se completa com a participação do público que se une ao cortejo formando uma roda para cantar, dançar e festejar os cocos de despedidas.

Dias 10 e 12, domingo e terça, às 18h

Com Batuntã. Cortejo repleto de danças, cantos e ritmos tradicionais populares, em que o grupo apresenta composições sobre ritmos como maracatu de baque-virado, afoxé e samba-de-roda. Nessa apresentação, o público se transforma em “brincante” e é convidado a dançar e a cantar as toadas puxadas pelo mestre.

Dia 24, domingo, às 18h

O cortejo apresenta composições próprias e das Nações do Maracatu Porto Rico e Maracatu Encanto do Pina, nações de Recife que os integrantes do Quiloa também fazem parte. O grupo apresenta as músicas que compõem seu primeiro espetáculo “DVD AO VIVO” e traz elementos da cultura popular de Recife com sotaque da Cidade de Santos, litoral de São Paulo. O repertório conta com músicas, também chamadas de loas, que fazem referências à cultura negra e também de religiões de matriz africana.

Dias 17 e 24, domingos, às 16h

Com Núcleo Pé De Zamba. Direção de Andrea Soares. Espetáculo de improvisação de música e dança que propõe a interface entre o contemporâneo-popular-brasileiro baseado na pesquisa do Núcleo. Com linguagens tradicionais ou urbanas, transita por aspectos religioso-profanos das brincadeiras populares pernambucanas, como o cavalo-marinho, o maracatu, o frevo e o caboclinho, com a participação de músicos convidados.

Dias 3, 10 e 12, domingos e terça, às 16h

Em seu novo show, a Trupe Trupé traz ao público um pouco das folias do Brasil. Passando por frevos, caboclinhos e maracatus do nordeste, pelo boi do norte e centro-oeste e marchinhas e samba de bumbo do sul e sudeste. Bonecos gigantes de Olinda, cabeções, boi e personagens, como o Mestre Sala e Porta Bandeira, Dama do Paço, Passista e muito mais, exploram as mais diversas possibilidades de brincar.

Dias 9 e 11, sábado e segunda, às 16h

Show teatral em que a Cia da Tribo celebra os folguedos, as danças, as músicas e ritmos populares brasileiros, mostrando poeticamente características do povo brasileiro através de sua ampla diversidade cultural. Da festa do Bumba-Meu-Boi até o Carnaval, do Forró ao Caboclinho, dos Pigmeus às Burrinhas, da Ciranda aos Bonecos Gigantes, são estes os “personagens” do espetáculo sem texto e com muita música, no qual seis atores/músicos tocam, manipulam bonecos, cantam e dançam as festas dos quatro cantos do Brasil.

Dias 16 e 23, sábados, às 16h

Música, brincadeira e dança fazem parte das divertidas histórias que o trio, Andi Rubinstein, Renata Mattar e Gustavo Finkler irão contar a partir das diversas manifestações populares brasileiras.

Mis Brasis

24 Jan
e
24 Fev

  • Qui 24/01
    • às 18:00
  • Dom 03/02
    • às 16:00
    • às 18:00
  • Sáb 09/02
    • às 16:00
    • às 18:00
  • Dom 10/02
    • às 16:00
    • às 18:00
  • Seg 11/02
    • às 16:00
    • às 18:00
  • Ter 12/02
    • às 16:00
    • às 18:00
  • Sáb 16/02
    • às 16:00
  • Dom 17/02
    • às 16:00
  • Sáb 23/02
    • às 16:00
  • Dom 24/02
    • às 16:00

Sesc Belenzinho
Rua Padre Adelino, 1000 Quarta Parada - Leste São Paulo - SP (11) 2076-9700
Catraca Livre