Os apaixonados por Carnaval, cultura e pelo Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta já tem uma casa pra chamar de sua. Isso porque a partir deste mês, o principal bloco de rua da cidade abre as portas de sua sede e projeto sociocultural.

Localizada na esquina das ruas Consolação e Rego Freitas, a Casa do Baixo Augusta ocupa loja e sobreloja de um edifício comercial e conta com 400 metros quadrados de espaço útil e muita energia criativa, ativismo, música alternativa e, claro, Carnaval.

Créditos: Allan Hipólito | Catraca Livre

Acadêmicos do Baixo Augusta abre sua sede com direito a espaço cultural no centro de SP

Além de ser o local oficial dos eventos do bloco, a casa terá em sua programação atividades como palestras, debates, cursos e oficinas abertas à comunidade. O objetivo é o de promover durante todo o ano a união e a celebração da diversidade característicos do Carnaval, além de estimular o pensamento crítico e o debate em torno de temas importantes do momento.

As atividades se dividem em dois horários: durante o dia a sobreloja recebe uma programação espaçada de cursos desenvolvidos em parceria com a SP Escola de Teatro, o ITS, o DJ KLjay e o músico Wilson Simoninha. Estão confirmadas para ocorrer no espaço desde cursos como o de produção cultural e drag queen, até percussão, bateria, e muitos outros.

Já nas noites de segunda à quinta, o térreo da casa recebe uma grande variedade de atividades, que vão da residência ativista nas segundas; eventos de criatividade nas terças; shows de música alternativa nas quartas; e as quintas com a residência fixa da tradicional Roda de Samba do Acadêmicos do Baixo Augusta, que receberá semanalmente artistas convidados.

Estão confirmados neste mês de estreia, a residência ativista da Mídia Ninja, debates com Marcelo Rubens Paiva, Alessandra Pereira e Rafael Vogt sobre a arte queer (dia 17/10) com participação de Gaudêncio Fidélis (curador da exposição queer cancelada pelo Banco Santander) e artistas como Rodolpho Parigi, Nino Cais e Gilda Vogt.

Além de shows de nomes como Tiê, Tatá Aeroplano, Tulipa Ruiz, André Frateschi, Hélio Flanders e o evento de improvisação teatral Improfesta.

"A Casa do Baixo Augusta, tem lado, que é o lado da diversidade", explica o produtor, comunicador e ativista Alê Youssef, também presidente do bloco. "É uma ilha de transgressão, desbunde e pensamento crítico nesse mar de caretice".


  • Mais Carnaval em SP:

Acadêmicos do Baixo Augusta divulga data do Carnaval 2018

Casa do Baixo Augusta

A partir de
09 Out

 Segundas,  Terças,  Quartas e  Quintas das 10:00 às 18:00  Segundas,  Terças,  Quartas e  Quintas das 19:00 às 23:59

Casa do Baixo Augusta
Rua Rêgo Freitas, 553 - Esquina das ruas Consolação e Rego Freitas Vila Buarque São Paulo - SP
Estação República (Metrô - Linha 3 Vermelha e Linha 4 Amarela)
Valores de entrada sob consulta.