Nascido em 7 de agosto de 1911 na cidade de Gallesville (Estados Unidos), o cineasta  Nicholas Ray faria cem anos em 2011. Para celebrar esta data, o Centro Cultural Banco do Banco do Brasil promove, entre os dias 16 de novembro e 4 de dezembro, a mostra “O Cinema é Nicholas Ray”, com entradas a R$ 4.

O americano que inspirou outros diretores do movimento cinematográfico francês Nouvelle Vague, tinha a condição da sociedade e seus novos desdobramentos como fio condutor de seus filmes. É o que ocorre em “Juventude Transviada” – uma de suas obras primas, que narra o conflito de um adolescente e as transformações culturais e urbanas de sua cidade.

A mostra ainda conta a premiére nacional da cópia restaurada de "We Can’t Go Home Again", lançada mundialmente em setembro deste ano na Mostra de Veneza.

Confira a programação completa aqui.

O Catraca Livre separou três filmes que integram a mostra para você se ambientar na obra do diretor:

Delírio de Loucura (Bigger Than Life, EUA, 1956, 95 min., Dir. Nicholas Ray)

O professor Ed Avery sofre de uma doença séria que lhe causa muita dor nas artérias. No hospital, resolve se submeter a um tratamento experimental, tomando doses crescentes de cortisona. Embora sua recuperação seja muito boa, ele transforma-se numa ameaça para sua família, pois começa a perder a sanidade.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=5NvuvQ6pQIQ[/youtube]

A Vida Íntima de Uma Mulher (A Woman Secret, EUA, 1949, 84 min., dir. Nicholas Ray)

Marian é a principal suspeita de tentar assassinar Susan, cantora renomada da música popular. Mas algo não soa bem, pois ela faz questão de levar a culpa do ocorrido. A investigação minunciosa daí originada, busca desvendar mistérios que vão além do filme, e mergulhará em mergulhar nos segredos, ambições e frustrações da alma feminina.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=eAcGBOgQ3VQ[/youtube]

Juventude Transviada (Rebel Withou a Case, 1955, EUA, 111 min. Dir. Nicholas Ray)

Jim Stark tinha o fervor da rebeldia pulsante. Por isso seus pais se mudam de uma cidade para outra, até se fixarem em Los Angeles. Até que um dia ele é preso por embriaguez e desordem e, no distrito policial, conhece a jovem Judy, revoltada com o pai, e um rapaz que atirou em alguns cães. Após ser libertado, tenta se aproximar de Judy, mas cria um desentendimento com o namorado da garota, que é líder de uma gangue do colégio. A rivalidade entre os dois gera  situações com trágicas conseqüências.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=UN9JiwkollM[/youtube]

“O Cinema é Nicholas Ray”

16 Nov
a
04 Dez

  • de 16/11 a 04/12
    • Quartas, Quintas, Sextas, Sábados e Domingos às 15:00

CCBB SP - Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112 Centro - Centro São Paulo - SP (11) 3113-3651 / (11) 3113-3649
Estação Sé (Metrô - Linha 1 Azul e Linha 3 Vermelha)
Catraca Livre