Recriando a aura do cinema em seus primeiros anos, a Cinemateca Brasileira recebe a "VI Jornada Brasileira de Cinema Silencioso". Sob curadoria de Adilson Mendes, o evento acontece entre os dias 11 e 19 de agosto, com entrada Catraca Livre.

divulgação

Créditos:

“O Gabinete do Dr. Calligari”, de Robert Wiene

Este ano o evento traz as mostras: "Luzes e Sombras", dedicada ao cinema expressionista alemão, "Cinema Soviético dos Anos 1920", um panorama sobre a revolução russa, "Brasil – O Espetáculo de 1922", com filmes que tem como tema a nacionalidade e "Destaques de Pordedone", com título do mais famoso festival dedicado ao gênero.

Outra atração da jornada é o "Salão da Novidades", no qual o público pode conferir uma série de atrações que reencenam a natureza popular do cinema por meio de apresentações, performances e circo como "A Mulher Barbada", "Teatro dos Bonecos", "Tenda de Caligari" e "O Ilusionista".

O evento conta ainda com a parceria de músicos que acompanham ao vivo as principais sessões, como as bandas Abaetetuba, Solistas da Camerata Aberta, Paulo Santos, Psilosamples, Marcelo Armani, Mario Manga, Objeto Amarelo, Maurício Takara, Guilherme Granado e Rogério Martins.

Encerrando o evento no dia 19, às 19h, a fachada do auditório do Ibirapuera recebe uma exibição ao ar livre do “O Gabinete do Dr. Calligari”, de Robert Wiene com acompanhamento musical de Mário Manga.

VI Jornada Brasileira de Cinema Silencioso

11 Ago
a
19 Ago

  • diariamente de 11 (Sáb) a 19/08 (Dom)
    • das 16:00 às 21:00

Cinemateca Brasileira
Largo Senador Raul Cardoso, 207 Vila Clementino - Sul São Paulo - SP (11) 3512-6111
Catraca Livre