Entre os dias 9 e 16 de agosto, o CineSesc recebe mais uma edição da Mostra Mundo Árabe de Cinema, que exibe 11 filmes selecionados a partir do tema "Os territórios que nos atravessam”.

Com ingressos de R$ 3,50 a R$ 12, a programação propõe reflexão sobre os deslocamentos humanos e a diversidade de povos e culturas, religiões e cultos, tradições e costumes.

Créditos: Reprodução | "Para onde ir?"

Cena do clássico "Para onde ir?", de Georges Nasser, obra de abertura da Mostra Mundo Árabe de Cinema

Um dos destaques da 12ª Mostra Mundo Árabe de Cinema é o filme de abertura, "Para onde ir?", produzido Georges Nasser em 1957, no Líbano. O longa-metragem retrata a migração de um homem, pai de uma família de um pequeno povoado libanês, para o Brasil. Com 60 anos, a obra é considerada um marco na cinematografia árabe, sendo o primeiro filme libanês exibido em Cannes.

“Fora do Quadro: Revolução até a Vitória” também compõe a lista de produções da mostra por abordar a história e o desenvolvimento do cinema militante no Oriente Médio. O produtor do filme, Rami Nihawi, é convidado especial e participa de um encontro com o público na segunda, 14 de agosto, às 19h.

Confira a programação:

  • "Para Onde Ir?"
    Georges Nasser | 1957
    9 de agosto, às 20h30; 13 de agosto, às 21h

Um dos primeiros clássicos do cinema do Líbano, o longa conta a história de um homem que abandona sua família para viajar ao Brasil. Ele retorna vinte anos depois, porém ninguém mais o reconhece.

  • "My Sweet Pepper Land"
    Hiner Saleem | 2013
    10 de agosto, às 21h

Após a queda de Saddam Hussein, um antigo herói curdo de guerra aceita se transferir para uma remota vila nas fronteiras do Iraque, Irã e Turquia, onde se torna policial. Na cidade, que é dominada pelo tráfico, entra em conflito com o chefe da tribo local, mas logo se relaciona com uma professora também recém-chegada que lhe oferece ajuda.

  • "Yamo"
    Rami Nihawi | 2011
    10 e 13 de agosto, às 19h

Um retrato da Guerra Civil do Líbano e seus efeitos psicológicos na memória coletiva do país e no cotidiano das pessoas que sofreram com suas terríveis consequências.

  • "3.000 Noites"
    Mai Masri | 2015
    11 de agosto, às 19h

Layla, uma jovem professora palestina, é levada à cadeia após ser acusada falsamente e condenada a 8 anos de prisão. Transferida para um presídio feminino de segurança máxima em Israel, ela se depara com um ambiente aterrorizante, no qual presos políticos palestinos dividem a cela com israelenses. Quando descobre que está grávida, o diretor da prisão a pressiona para abortar. Mesmo assim, ela dá à luz ao seu filho e luta para protegê-lo e educá-lo dentro da prisão.

  • "Sanaúd: Voltaremos"
    José Antonio de Barros Freire | 1980
    11 de agosto, às 21h; 14 de agosto, às 19h

Em abril de 1980, uma delegação brasileira - com membros da Comissão de Justiça e Paz, deputados, jornalistas, líderes sindicais, historiadores, representantes da UNE e da comunidade negra - viajou para o Oriente Médio. No Líbano, os brasileiros foram recebidos por Yasser Arafat e conheceram de perto o drama do povo palestino, que, expulso de sua terra, luta pela justiça e pela paz.

  • "Fora do Quadro: Revolução até a vitória"
    Mohanad Yaqubi | 2016
    11 de agosto, às 21h; 14 de agosto, às 19h

"Off Frame" lida com a história e o desenvolvimento do cinema militante no Oriente Médio. O filme investiga os motivos e as circunstâncias por trás deste gênero e questiona seu fim dramático em 1982. Ao ressuscitar uma memória esquecida de luta, reanima o que está dentro do quadro, mas também tece uma reflexão crítica procurando o que está fora dele.

  • "Cinzas de Sonhos"
    Hachimiya Ahamada | 2011
    12 de agosto, às 19h; 15 de agosto, às 21h

Em uma ilha no Oceano Índico, o arquipélago de Comores, casas desocupadas aguardam a chegada de seus proprietários. OS lugares sem almas e em construção ocupam toda a paisagem. O mito do eterno retorno é repetido na diáspora comoriana.

  • "Assombrados"
    Liwaa Yazji | 2014
    12 de agosto, às 21h; 16 de agosto, às 19h

Quando bombas são detonadas, as pessoas escapam deixando para trás não só suas casas, mas também incontáveis memórias. O filme é um retrato do exílio, que registra experiências de desterro e profunda insegurança em meio à guerra civil na Síria. O documentário mostra o que representa um lar na vida de uma pessoa através de conversas via Skype e visitas dos donos às suas antigas – e destruídas – casas.

  • "O Sonho"
    Mohammad Malas | 1987
    14 de agosto, às 21h30

Filmado dois anos antes dos massacres de 1982, "O Sonho" traça uma série de entrevistas com refugiados palestinos dos campos de Sabra, Shatila, Bourj el-Barajneh, Ain al-Hilweh e Rashidieh, no Líbano. Durante as entrevistas, o diretor pergunta sobre os sonhos que as pessoas têm durante a noite. Os sonhos sempre convergem para a Palestina. Durante a filmagem, Mohamad Malas morava nos campos, onde realizou entrevistas com mais de 400 pessoas. Em 1982, com os massacres de Sabra e Shatila, que tirou a vida de várias pessoas entrevistadas, ele parou de trabalhar no projeto.

  • "Não Alimente seu Cão"
    Hicham Lasri | 2015
    15 de agosto, às 19h

No último dia do Ramadã, uma equipe improvisada de técnicos se encontra em um desgastado estúdio de televisão de Marrocos para filmar aquilo que sua Diretora, Rita, promete que ser a entrevista de suas vidas, com o temido Ministro do Interior, Driss Basri. O político promete revela os segredos da Monarquia exclusivamente para a jornalista, mas as divisões na equipe ameaçam a realização da entrevista.

  • "Heranças"
    Philippe Aractingi | 2013
    16 de agosto, às 21h

Ao deixar o Líbano em 2006, o diretor Philippe Aractingi percebe que seus ancestrais passaram o tempo fugindo de guerras e massacres por cinco gerações. A partir disso, constrói uma obra delicada, utilizando-se de fotos, vídeos e arquivos familiares de seus próprios filhos.


Mais cinema em SP:

Espaços culturais oferecem sessões gratuitas de cinema em agosto

12ª Mostra Mundo Árabe de Cinema

09 Ago
a
16 Ago

Diariamente de 9 (Qua) a 16/08 (Qua) das 19:00 às 21:30 

CineSesc
Rua Augusta, 2075 Cerqueira César - Oeste São Paulo - SP (11) 3087-0500
Estação Consolação (Metrô - Linha 2 Verde)
R$ 12 (inteira); R$ 6 (meia-entrada); R$ 3,50 (credencial do Sesc)