divulgação

Créditos: divulgação

O drama "Fatia de Guerra", em cartaz no Club Noir, mostra o dia de uma família desestruturada durante uma guerra

A companhia Club Noir inicia 2013 com a continuação do projeto Mostra Brasileira de Dramaturgia Contemporânea. Em cartaz de 15 de janeiro a 7 de fevereiro, a peça "Fatia de Guerra", do curitibano Andrew Knoll, abre a temporada, com entrada Catraca Livre.

O elenco, formado por Juliana Galdino, Renato Forner e Paula Spinelli, é dirigido por Roberto Alvim. A ação é ambientada em um lugar deserto na região Sul do país, durante uma guerra não definida.

Em meio a esta situação-limite, vive uma pequena e desestruturada família que habita uma fazenda perdida na imensidão dos campos. Um pai, uma filha (ainda criança) e uma cadela doente. A mãe está ausente.

A trama se desenvolve em um único dia, aquele em que o pai sacrificará a cadela, como um ato de amor visando abreviar seu sofrimento.

 

Fatia de Guerra

15 Jan
a
07 Fev

  • de 15/01 a 07/02
    • Terças, Quartas e Quintas às 21:00

Club Noir
Rua Augusta, 331 Cerqueira César São Paulo - SP
Catraca Livre