Como surgiu a música eletrônica? Entre documentários e ficções, o festival Trônica conta a história do gênero e a cultura que se formou em torno do universo da música eletrônica no Brasil e no mundo. Na programação, 13 longas sobre house music, kuduro, tecnho, dub step inglês, funk carioca, brega do Pará, hippies de Goa, clubbers de Berlim e Cardiff, produzidos no Brasil, em Angola, na Índia, nos EUA, na Alemanha, Grã Bretanha e Portugal.

Divulgação

Créditos: Divulgação

Chip Eberhart (esquerda) virá ao Brasil para apresentar seu documentário

A mostra conta com o documentário que traz um retrato do Kuduro, movimento cultural angolano, em Kuduro: fogo no musseque. Já Last hippie standing conta a história sobre o movimento hippie e a cidade que o acolheu, Goa, na Índia. No cenário nacional, Vladimir Cunha e Gustavo Godinho falam sobre o tecnobrega do Pará em Brega S/A, enquanto a cultura em torno do funk carioca é revisada através do registro do cotidiano das comunidades carentes, em Favela on blast.

16h – Favela On Blast, de Leandro HBL e Wesley Pentz
18h – The Unusual Suspect + Apresentação com DJ e produtor do filme, Chip E
20h – Berlin Calling, de Hannes Stöhr

16h – Festa Rave, de Greg Harrison
18h – Kuduro, Fogo no Musseque, de Jorge Antonio
20h – High Tech Soul: The Creation of Techno Music, de Gary Bredow

16h – Brega S/A, de Vladimir Cunha e Gustavo Godinho
18h – Debate com Marcelinho Da Lua, Franklin Costa e Rafael Bz (mediador)
20h – Favela On Blast, de Leandro HBL e Wesley Pentz

16h – Berlin Calling, de Hannes Stöhr
18h – High on Hope, de Piers Sanderson
20h – Last Hippie Standing, de Marcus Robbin

Trônica - 1º Festival de Cinema de Música Eletrônica

22 Nov
a
25 Nov

  • diariamente de 22 (Qui) a 25/11 (Dom)
    • das 16:00 às 20:00

Caixa Cultural Rio de Janeiro
Avenida Almirante Barroso, 25 Centro Rio de Janeiro - RJ (21) 3980-3815
Estação do Metrô da Carioca
R$ 4