Foto por Nelio Paulo

Créditos: Foto por Nelio Paulo

Valter Hugo Mãe possui mais de 20 títulos publicados que se distribuem entre poesia e romances

“Não sei se a arte nos deve salvar, mas tenho a certeza de que pode conduzir ao melhor que há em nós, para que não nos desperdicemos na vida”

A frase acima foi dita pelo escritor português Valter Hugo Mãe, durante a Feira Literária de Paraty (FLIP) de 2011. O dramaturgo participa de bate-papo com o crítico literário Manuel da Costa Pinto no Espaço Revista Cult, dia 25 de novembro, às 18h30, com entrada Catraca Livre.

Os interessados em participar do evento devem se inscrever pelo seguinte e-mail:  [email protected]com.br .

Apontado por José Saramago como um dos prolíficos escritores lusitanos contemporâneos, Valter fala sobre o processo criativo de seu último romance “a máquina de fazer espanhóis” - que terá trechos lidos pelo ator Elias Andreato.

Lançado em 2011, o livro tem arte de capa e introdução assinados pelo dramaturgo e quadrinista paulista Lourenço Mutarelli.

Bate-papo com Valter Hugo Mãe

25 Nov
Espaço Revista Cult
Rua Aspicuelta, 99 Vila Madalena - Oeste São Paulo - SP (11) 3032-2800
Catraca Livre