Créditos:

Pioneira: Chiquinha Gonzaga é a mãe da MPB

Chiquinha Gonzaga, ícone da música popular brasileira e peça fundamental na gênese da música popular urbana no Rio de Janeiro no final do século 19, teve, neste mês de outubro, parte de sua obra - mais de 300 partituras - disponibilizada para baixar no site Acervo Digital Chiquinha Gonzaga.

Se antes eram conhecidas apenas 12 músicas, após a extensa pesquisa fez com que a obra da pianista - primeira chorona -, regente, maestrina - também pioneira -, introdutora da música popular nos salões elegantes e fundadora da primeira sociedade protetora de direitos autorais desse um salto significativo para mais de 300 partituras.

Celebrando o relevante lançamento do portal, os pianistas e pesquisadores Alexandre Dias e Wandrei Brag interpretam pela primeira vez algumas composições em arranjos para piano solo, canto e piano no Auditório Ibirapuera neste domingo, 30, às 11h, com entrada Catraca Livre.

Leia Mais

ondemand_video Vídeos do Catraca

Obra de Chiquinha Gonzaga para baixar

Choros, valsas, tangos brasileiros, canções, polcas, fados, habaneras, romances, duetos, baladas, marchas, peças sacras, serenatas, barcarolas, modinhas, mazurcas e dobrados compõem seu repertório. Dentro deste vasto universo, foram selecionadas 16 músicas, entre clássicas e desconhecidas, para o repertório do espetáculo, batizado de "Chiquinha, Clássica e Inédita".

Confira Abel Ferreira interpretando "Corta-Jaca", composição clássica de Chiquinha Gonzaga:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=fftDDQG-u7Y[/youtube]

"Chiquinha, Clássica e Inédita"

30 Out
Auditório Ibirapuera - Oscar Niemeyer
Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n - Portão 2 do Parque do Ibirapuera Parque Ibirapuera - Sul São Paulo - SP (11) 3629-1075
Catraca Livre