Experimental, modelo, paradigmático. Este é o PROTOTYPE - Festival de Sustentabilidade na Arte, que através de manifestações artísticas inusitadas e surpreendentespromove o incentivo à inclusão da sustentabilidade no cotidiano das pessoas. O encontro acontece neste sábado, das 8h às 20h, na Praça Victor Civita, com entrada Catraca Livre.

A programação, que busca a integração entre os artistas e o público, prevê uma série de atrações, como piquenique coletivo, música para todos os gostos, oficinas com resultados inesperados, palestras, exibição de filmes e intervenções de artistas nacionais e internacionais.

divulgacao

Créditos: divulgacao

Programação inclui série de atividades voltadas a bicicleta, com dicas para ciclistas e exibição de filmes que tratam sobre o tema.

 

Confira alguns destaques do festival. O restante da programação está disponibilizado no site do festival.

Muito mais que um simples piquenique, o encontro permitirá que os participantes aprendam a compostar o lixo orgânico. A ideia é que todo mundo se divirta no encontro, levando o seu prato e ajudando a promover um estilo de vida mais saudável e sustentável.

Atividades para os amantes da bicicleta não vão faltar no "Tudo de Bike". No encontro, o coletivo CRU  ensina os participantes a consertar pneus e regular os freios da sua bicicleta.

Para explorar todas as potencialidades da sua bike, o coletivo ensinará passo a passo como ter um vaporizador de água (bike vapor), ativar uma caixa de som e gerar energia elétrica por meio de pedaladas (bike som). Uma seleção de filmes, clipes e curtas-metragens que têm a bicicleta como temática ou personagem, completa o programa.

Destaques do Festival também são as oficinas “Construindo Catástrofes”das artistas Sybille Müller e Eva Meyer-Keller, “Umbrellaphone”, de Niklas Roy.

Na primeira, crianças investigam catástrofes e constroem modelos de terremotos, vulcões em erupção, inundações, furacões usando ervilhas ou caixas de sapato. Já Niklas Roy, um “inventor de coisas inúteis” como ele mesmo se denomina, desenvolve com jovens e adultos uma instalação cinética ligada à energia natural do vento.

Em ambas as oficinas é necessária inscrição prévia.

Para quem busca conhecimento sobre o tema, o PROTOTYPE traz as palestras “Povos Indígenas” com Luiz Fernando Villares, autor de “Direito e Povos Indígenas” (2009) e procurador-geral da Funai entre 2005 e 2007.

Além disso a palestra “São Paulo, uma Metrópole Fluvial” com Alexandre Delijaicov, propõe a utilização dos rios e lagos de São Paulo como alternativa para o transporte na cidade, uma consistente e ao mesmo tempo sonhadora resposta ao caos urbano.

Festival sem música não é festival. Por isso, o SESC Conexões apresenta a banda Madrid , de Adriano Cintra (ex-Cansei de Ser Sexy) e Marina Vello, (ex-Bonde do Rolê), mostrando o seu novo trabalho no palco da Praça Victor Civita.

O Anvil Fx Soundscapes, projeto dos mineiros Paulo Beto e Pedro Zopelar, mostra um set temático de música experimental com sintetizadores analógicos e sons naturais em “Música para Parques”.

Um dos mais talentosos cineastas da nova geração e agora como DJ, Esmir Filho apresenta o set “A Woman Left Lonely”, com músicas intensas e dançantes, que machucam e provocam. A cantora e performer alemã Jessie Evans vai convidar o público a escutar suas músicas prediletas, cantando e tocando saxofone em acompanhamento de seu DJ set como se fosse em sua própria sala.

10 Nov

  • Sáb 10/11
    • das 08:00 às 20:00
    • das 08:00 às 20:00

Praça Victor Civita
Rua Sumidouro, 580 Pinheiros - Oeste São Paulo - SP (11) 3031-3689
Estação Pinheiros (Metrô - Linha 4 Amarela)