O amor e seus excessos ajudaram a criar diferentes propostas melodramáticas para a sétima arte. Entre os dias 5 e 19 de novembro, a Biblioteca Pública Roberto Santos abre suas portas para a mostra "Amei até Morrer - O Melodrama no Cinema". As exibições tem entrada Catraca Livre.

Com abordagens diferentes, os filmes da exposição foram produzidos entre as décadas de 40 e 50, época em que o gênero melodramático invadiu a sétima arte e resultou em grandes obras primas.

Confira a programação completa:

Dia 5, às 19h

Porto da Tentação (Temptation Harbour, Inglaterra, 1947, 110 min., dir.: Lance Comfort, Livre)

Baseado no romance Newhaven-Dieppede de Georsges Simenon, o filme traz a história de um funcionário de um Porto que presencia um assassinato. Ao tentar cooperar, ele descobre que o motivo do crime é uma mala cheia de dinheiro.

Dia 12, às 19h

A Maja Desnuda (The Naked Maja, EUA, 1958, 111 min., dir.: Henry Koster, classificação etária: 12 anos)

Romance entre o pintor Francisco Goya e a Duquesa de Alba, musa inspiradora para a célebre obra “A Maja Desnuda”. Ambientado em meio ao caos social da Revolução Espanhola, o relacionamento envolve amor e traição.

Dia 19, às 19h

Fornarina - Os Amores de Rafael (La Fornarina, Itália, 1943, 96 min., dir.: Enrico Guazzoni, classificação etária: Livre)

O amor entre a filha de um padeiro e um pintor que buscava o rosto perfeito para suas obras, desperta a ira de uma nobre cruel.

Amei até morrer - O Melodrama no Cinema

05 Nov
e
19 Nov

  • Sáb 05/11
    • às 19:00
  • Sáb 12/11
    • às 19:00
  • Sáb 19/11
    • às 19:00

Biblioteca Roberto Santos
Rua Cisplatina, 505 Ipiranga - Sul São Paulo - SP (11) 2063-0901/(11) 2273-2390
Catraca Livre