O Centro Universitário Maria Antonia recebe até dia 21 de a mostra "Le Corbusier", com entrada Catraca Livre.  Veja parte da resenha dos curadores Rodrigo Queiroz e Hugo Segawa:

Entre setembro e dezembro de 1929, Le Corbusier fez sua primeira visita ao continente sul-americano. Em 74 dias de permanência, proferiu conferências em Buenos Aires, Montevidéu, São Paulo e Rio de Janeiro e delineou planos para estas cidades. A caminho da França, ele organizou suas palestras, esboços e lembranças, que se transformaram no livro Precisões sobre um estado presente da arquitetura e do urbanismo, publicado em Paris em 1930. 

A viagem é frequentemente compreendida na biografia de Le Corbusier apenas como um episódio de pregação de sua doutrina arquitetônica. Este entendimento é parcial. Tanto o conteúdo das conferências como as propostas para as quatro cidades apontam para uma mudança no seu raciocínio, que se intensificou à medida que os riscos foram sendo elaborados, em progressiva emancipação frente a sua própria teoria anterior.

A exposição Le Corbusier revisita falas e projetos do arquiteto na América do Sul: o estado de alma de um arquiteto europeu na América. Com esta experiência, nascia uma nova perspectiva para o seu pensamento. Foi outro Le Corbusier que retornou ao Velho Mundo.

 

Le Coubusier

23 Ago
a
21 Out

  • diariamente de 23/08 (Qui) a 20/10 (Sáb)
    • das 09:00 às 21:00
  • diariamente de 23/08 (Qui) a 21/10 (Dom)
    • das 10:00 às 18:00

Centro Universitário Maria Antonia
Rua Maria Antônia, 294 Vila Buarque - Centro São Paulo - SP (11) 3255-7182
Catraca Livre