Depois de estrear no Sesc Santo Amaro, a versão do Núcleo Experimental para o clássico Romeu e Julieta, do bardo inglês William Shakespeare (1564-1616), ganha uma nova temporada na sede da trupe, entre os dias 29 de outubro e 19 de dezembro. As sessões ocorrem aos sábados e segundas-feiras, às 21h, e aos domingos, às 19h. Os ingressos custam até R$40.

1/5

Crédito da imagem: Ronaldo Gutierrez

'Romeu e Julieta' cria reflexões sobre gênero

2/5

Crédito da imagem: Ronaldo Gutierrez

'Romeu e Julieta' cria reflexões sobre gênero

3/5

Crédito da imagem: Ronaldo Gutierrez

'Romeu e Julieta' cria reflexões sobre gênero

4/5

Crédito da imagem: Ronaldo Gutierrez

'Romeu e Julieta' cria reflexões sobre gênero

5/5

Crédito da imagem: Ronaldo Gutierrez

'Romeu e Julieta' cria reflexões sobre gênero

  • Crédito da imagem: Ronaldo Gutierrez

    1/5

    'Romeu e Julieta' cria reflexões sobre gênero

  • Crédito da imagem: Ronaldo Gutierrez

    2/5

    'Romeu e Julieta' cria reflexões sobre gênero

  • Crédito da imagem: Ronaldo Gutierrez

    3/5

    'Romeu e Julieta' cria reflexões sobre gênero

  • Crédito da imagem: Ronaldo Gutierrez

    4/5

    'Romeu e Julieta' cria reflexões sobre gênero

  • Crédito da imagem: Ronaldo Gutierrez

    5/5

    'Romeu e Julieta' cria reflexões sobre gênero

Com direção de Zé Henrique de Paula,  a montagem parte da história de sete jovens que moram em uma cidade grande e decidem passar a noite ensaiando uma das mais conhecidas obras de Shakespeare. Eles se revezam entre os papeis dos dois protagonistas.

Quando o ensaio caminha para seu desfecho trágico, a ficção e a realidade dos artistas se misturam e eles vivem momentos de violência, paixão, luta pelo poder e morte. Depois disso, eles percebem que a peça é mais real que do que eles imaginavam.  A ideia é discutir como questões de gênero moldam os papeis sociais e como a sociedade lida com a homofobia e a homoafetividade.

A tragédia original narra o romance proibido entre Romeu, filho dos Montecchios, e Julieta, filha dos Capuletos. Ao desafiar o ódio entre as duas famílias, os apaixonados se casam secretamente, com a ajuda do Frei Lourenço – que esperava que a união trouxesse a reconciliação entre os inimigos.

A briga se intensifica quando Romeu é envolvido em um duelo com o primo de Julieta, Teobaldo, que acaba morto. O protagonista é convidado para deixar a cidade de Verona, e a mão de sua amada é prometida a Páris.

Para que os pombinhos fiquem juntos, o frei arma um plano: Julieta toma uma poção que a faz dormir em sono profundo e parecer morta. Assim, ao acordar em seu túmulo, ela deveria ser salva pelo amado. No entanto, Romeu não é avisado da trama e, quando volta à cidade para se despedir da jovem, toma o resto do veneno que supostamente a teria matado. Desesperada, ela se suicida com o punhal que o marido trazia junto ao corpo.

O elenco conta com a participação de Débora Peccin, Luiza Porto, Natália Foschini, Cícero de Andrade, Danilo Rosa, Lucas Sanchez e Thiago Sak. O espetáculo foi criado em comemoração aos 400 anos da morte do bardo inglês.

Imagem Autor

A SP Escola de Teatro é um equipamento cultural da Secretaria do Estado da Cultura e tem por atribuições a formação profissional na arte teatral.

+ posts do autor

Romeu e Julieta - De almas sinceras a união sincera nada há que impeça

29 Out
a
19 Dez

De 29/10 a 19/12:  Domingos às 19:00  Segundas e  Sábados às 21:00

Teatro do Núcleo Experimental
Rua Barra Funda, 637 Barra Funda São Paulo - SP (11) 3259.0898
Estação Marechal Deodoro (Metrô - Linha 3 Vermelha)
R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada)
Classificação: 14 anos | Duração: 100 minutos