A região dos Bálcãs, frequentemente lembrada pela violência e pelos massacres étnicos ocorridos nos conflitos da antiga - e agora desfragmentada - Iugoslávia, também é fonte de uma inestimável riqueza cultural. Um traço representativo das artes daquele local - que abrange, ainda, a Grécia, a Albânia e a Bulgária - poderá ser conhecido neste sábado, 28, às 20h, no Teatro do Sesi Vila das Mercês.

Daquele rincão, mais precisamente, da Bulgária, vem uma musicalidade a ser descoberta e valorizada. O grupo Bálkãn Neo Ensemble vem ao Brasil com este propósito: apresentar a música tradicional búlgara, rica em ritmos assimétricos e compassos compostos.

A apresentação, que integra a programação do "Sesi Música 2012 – Erudita", projeto itinerante do Sesi São Paulo, realizado em 20 teatros da entidade no Estado, traz, também, ritmos da Europa Oriental mesclados à música instrumental brasileira e erudita contemporânea. A tradição cigana, tão presente naquela região, também é fonte de inspiração.

Formado por Martin Lazarov (oboé, corne inglês, piano, voz e arranjos), Emílio Martins (percussão), Ricardo Zohyo (contrabaixo, bandolim e violino) e Manuel Faleiros (sopros), o conjunto, fundado pelo búlgaro Martin Lazarov, também interpreta composições de países como a Albânia, Grécia, Romênia, Montenegro, Turquia, Sérvia e da região da Macedônia.

A entrada para o espetáculo é Catraca Livre.

Bálkãn Neo Ensemble

28 Jul
Sesi Vila das Mercês
Rua Júlio Felipe Guedes, 138 Jardim Botucatu - Sul São Paulo - SP (11) 2946-8172
Catraca Livre